Grêmio começa a ganhar opções para restante da temporada

Gata Fernández e Edílson participam de coletivo contra time de transição e podem jogar amanhã

14 de março de 2017 - Às 12:06
Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Depois de estrear com vitória fora de casa na Libertadores, o Grêmio volta o foco para o Campeonato Gaúcho. O Tricolor pode assumir a vice-liderança nesta quarta-feira caso derrote o Brasil em Pelotas, no Bento Freitas. Ontem, na reapresentação dos jogadores, Renato Portaluppi não deu indícios do time que pretende utilizar em Pelotas.

O treinamento no CT Luiz Carvalho teve grupos divididos. De um lado, o auxiliar técnico Alexandre Mendes comandou um trabalho com os atletas que atuaram diante do Zamora, na semana passada. Do outro, Renato Portaluppi acompanhou um coletivo dos reservas contra o time de transição.

O destaque foi o argentino Gastón Fernández, autor de dois gols e de boa movimentação. O lateral direito Edílson e o centroavante Lucas Barrios também atuaram no coletivo. Todos devem estar à disposição para o confronto no Bento Freitas. Quem ainda não tem condições de jogo é o volante Maicon, que ontem mais uma vez não treinou com os demais.

Pedro Rocha, com dores musculares, também se ausentou da atividade, mas não é problema para amanhã. “Eu particularmente quero jogar todas as partidas. Muitas vezes a sequência é desgastante, mas estou à disposição”, afirmou. O jogador comemorou a renovação de contrato com o Grêmio até 2019. “Sempre tive a intenção de renovar e sabia que isso aconteceria. Fico muito feliz, estou trabalhando bastante, produzindo e ajudando a equipe”, acrescentou.

“A sequência que teremos no Gauchão nos dará mais qualidade física e técnica para o próximo jogo da Libertadores, a equipe vai ganhar corpo”, completou. Pedro Geromel e Beto da Silva correram no gramado do CT ontem. O zagueiro deve demorar mais um tempo para ser liberado para os treinos com bola, enquanto o atacante em breve ficará à disposição do técnico Renato Portaluppi.



Veja também