O Grêmio cancelou a reapresentação dos jogadores marcada para a terça-feira e suspendeu suas atividades do elenco principal por tempo indeterminado. A mudança já era esperada e vem depois da confirmação de quatro casos positivos para o Covid-19 na diretoria gremista.

Após uma semana de paralisação, o elenco gremista iria se reapresentar na manhã desta terça no CT Luiz Carvalho. No entanto, agora não há prazo para a retomada dos treinamentos. A mesma programação vale para a equipe sub-23, que funciona sob as mesmas diretrizes do grupo principal.

Grêmio suspendeu rotina de treinos no CT Luiz Carvalho — Foto: Eduardo Moura

Grêmio suspendeu rotina de treinos no CT Luiz Carvalho — Foto: Eduardo Moura

Até o momento, quatro dirigentes do Grêmio foram diagnosticados com Covid-19. O presidente Romildo Bolzan Júnior foi o último deles, com caso confirmado neste domingo. Também testaram positivo os vice-presidentes Claudio Oderich e Marco Bobsin e o assessor adjunto para as categorias de base Eduardo Fernandes.

O Campeonato Gaúcho tem paralisação confirmada até dia 31 de março, mas a situação deve se estender por mais tempo. Já a Libertadores só tem retorno previsto para 5 de maio ,depois de nova manifestação da Conmebol na semana passada.

Na última sexta-feira, os jogadores estiveram no CT Luiz Carvalho para avaliação com o departamento médico. Em grupos pequenos, jogadores, comissão técnica e funcionários realizaram exames médicos e foram vacinados contra a gripe.

Confira a nota do Grêmio:

“Na manhã desta segunda-feira, o departamento de futebol do Grêmio, em conjunto com departamento médico, definiu pela suspensão de todas as atividades por tempo indeterminado.

A orientação engloba departamento de futebol profissional e grupo de transição, visando zelar pela saúde e minimizar os riscos dos atletas, funcionários e familiares.

O Clube alertou também que, atento aos acontecimentos, poderá recrutar os atletas, a qualquer momento, para monitoramento, avaliações e/ou retorno aos treinamentos.

O grupo foi novamente orientado a manter os cuidados pré-orientados pelo departamento médico e a permanecer em casa.

Neste período, o DM colocou à disposição do plantel um aplicativo para controle e monitoramento do COVID-19″.



Veja também