O Grêmio deve buscar pelo menos três reforços para a sequência da temporada de 2022, cujo principal objetivo será o retorno para a Série A. As carências ficaram ainda mais evidentes após a eliminação na primeira fase da Copa do Brasil, nesta terça-feira, em derrota por 3 a 2 para o Mirassol.

Direção e comissão técnica já detectaram algumas das principais deficiências do grupo. Os alvos são um goleiro, um zagueiro e um lateral-direito. Roger Machado quer jogadores mais experientes para agregar ao atual elenco na disputa para a Série B.

Em entrevista coletiva após a eliminação, Roger voltou a falar na necessidade de reforços. Elogiou os jovens e o time que tentou buscar o resultado, especialmente no fim do jogo, mas admitiu que vai precisar de mais peças para um ano complicado na disputa da Série B.

Mesmo com Brenno e Gabriel Grando revezando na posição, os dois já apresentaram falhas em diferentes momentos. A necessidade de um goleiro mais experiente já havia sido detectada na temporada 2021, quando Felipão pediu uma peça para chegar com status de titularidade ao setor.

O sistema defensivo também vem falhando jogo a jogo. Geromel e Bruno Alves são os titulares, mas o argentino Kannemann se recupera de cirurgia no quadril e só volta em abril. Na lateral-direita, Orejuela voltou a falhar na derrota para o Mirassol, e não há outro incontestável para a posição.

Antes da eliminação, a direção considerava o grupo encaminhado para a disputa da Segunda Divisão. No entanto, o discurso do vice de futebol, Dênis Abrahão, parece ter mudado após mais um revés. No entanto, frisou a necessidade de ir ao mercado com responsabilidade.

Ainda em busca de reforços, o Grêmio entra em campo no sábado, pelo Gauchão, para enfrentar o Novo Hamburgo. A partida, válida pela 10ª rodada do Estadual, acontece no Estádio do Vale, às 16h30min.



Veja também