O Grêmio está próximo de definir a contratação do seu novo técnico após a saída de Felipão na segunda-feira. O Tricolor tentará convencer Roger Machado, que tem se negado a assumir o clube, mas também tem um negócio encaminhado com Vagner Mancini, do América-MG.

O conselheiro Dênis Abrahão aceitou o convite para o cargo de vice-presidente de futebol no lugar de Marcos Herrmann, que pediu demissão após a derrota para o Fortaleza. Agora, o dirigente tenta fechar a contratação do novo técnico ainda nesta quinta-feira. Roger e Mancini estão em pauta.

Vagner Mancini no comando do América-MG — Foto: Mourão Panda / América-MG

Vagner Mancini no comando do América-MG — Foto: Mourão Panda / América-MG

Roger Machado sempre foi o plano A da direção desde a saída de Felipão, mas se mantém irredutível em sua posição de não assumir algum clube com a temporada em andamento.

Sem avanço com Roger, Mancini passou a ser o nome mais forte no Grêmio. As tratativas com o treinador esfriaram um pouco após a mudança no departamento de futebol, mas há otimismo em um acerto.

Da parte do América-MG, também há confiança na permanência do treinador. Já no lado do Grêmio, grande parte do vestiário gremista aprova a vinda de Mancini.

Roger Machado no empate entre Fluminense e Barcelona de Guayaquil, pela Libertadores — Foto: Dolores Ochoa-Pool/Getty Images

Roger Machado no empate entre Fluminense e Barcelona de Guayaquil, pela Libertadores — Foto: Dolores Ochoa-Pool/Getty Images

Mancini tem contrato com o Coelho vai até o final do ano, enquanto Roger Machado está em Porto Alegre sem trabalhar como técnico após sair do Fluminense nesta temporada. Seja quem for o treinador, chegará ao Tricolor com a missão de evitar o rebaixamento para a Série B.

Aos 54 anos, Mancini foi procurado pelo Grêmio no início da semana, logo após a saída de Felipão, conforme revelou o ge. O técnico foi questionado sobre o assunto após a partida do América-MG contra o Inter, no Beira-Rio, na noite de quarta-feira, e despistou.

Já Roger Machado e seu estafe recebem contatos de parte do Grêmio desde domingo. Todas as respostas, até o momento, foram negativas quanto assumir o cargo.

Contratado em junho pelo América-MG após sua passagem pelo Corinthians, Vagner Mancini deixaria o Coelho em 11º lugar na tabela. O técnico comandou o time em 22 partidas, com sete vitórias, nove empates e seis derrotas, com 45% de aproveitamento.

Roger Machado estava no Fluminense e foi demitido do cargo em agosto após a eliminação para o Barcelona de Guayaquil, nas quartas de final da Libertadores. No time carioca, acumulou aproveitamento de 54,7%, com 19 vitórias, 10 derrotas e 13 empates em 42 jogos na temporada.



Veja também