Após o empate em 1 a 1 com o Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro na sexta-feira, o Grêmio se cerca de cuidados para os duelos contra o time paulista na final da Copa do Brasil. A começar pelo gramado. O técnico Renato Portaluppi irá discutir com os jogadores a possibilidade de realizar treinamentos no gramado sintético do São José-RS até a decisão.

O campo artificial instalado no Allianz Parque, estádio do Palmeiras, em 2020, chamou atenção dos tricolores durante a partida da noite passada. O centroavante Diego Souza chegou a dizer que o mau desempenho no primeiro tempo se deu, em parte, ao gramado.

– Primeira vez que a gente joga no campo, sentimos muito o primeiro tempo. Eles (Palmeiras) sabem como se joga no sintético. Realmente é diferente, é outra velocidade de bola, outro domínio – comentou o autor do gol de empate tricolor.

Estádio Francisco Novelletto Neto, do São José-RS, em Porto Alegre — Foto: Gustavo Oliveira/Londrina EC

Estádio Francisco Novelletto Neto, do São José-RS, em Porto Alegre — Foto: Gustavo Oliveira/Londrina EC

Apesar de acostumado a enfrentar o Athletico-PR no sintético da Arena da Baixada, o Grêmio estuda realizar algumas atividades prévias à decisão da Copa do Brasil no Estádio Francisco Novelletto, que pertence ao São José, na zona norte de Porto Alegre.

– Os jogadores sentiram um pouco, sem dúvida. É normal que sentissem alguma coisa. A vantagem é essa do Palmeiras, acostumado a jogar e treinar aqui (no Allianz Parque). Por isso vamos pensar seriamente em treinar alguns dias no campo do São José. Vou procurar saber se a grama é parecida com a do Palmeiras. O presidente é muito gremista, já nos ofereceu – afirmou Renato após a partida.

Só que o clube gaúcho sequer sabe quando jogará a final da Copa do Brasil diante do Palmeiras. Se o Verdão for campeão da Libertadores, os confrontos passarão para 28 de fevereiro e 7 de março. Se perder, as partidas ocorrem em 11 e 17 de fevereiro. O jogo de ida será na Arena.Vou falar com o grupo. Se for necessário, vamos fazer treinamentos lá (no São José). A nossa próxima partida é a final da Copa do Brasil. O Palmeiras levou vantagem nesse sentido. Não é desculpa (para o empate), mas influenciou bastante também.— Renato Portaluppi, técnico do Grêmio

Depois do empate em 1 a 1 com o Palmeiras no sintético do Allianz Parque, o Grêmio subiu para a quarta colocação do Brasileirão, com 50 pontos. Mas pode voltar a sair do G-4 ao fim da rodada. Na próxima quarta-feira, recebe o Atlético-MG, às 19h15, na Arena, em mais um confronto direto pelo topo.



Veja também