O Grêmio aguarda a divulgação do novo decreto do governo do Rio Grande do Sul para saber quantos torcedores poderá receber na Arena na partida de domingo contra o Sport, pela 23ª rodada do Brasileirão, bem como iniciar a venda de ingressos.

As regras atualmente em vigor estabelecem como limite a presença de 2,5 mil torcedores em estádios e eventos esportivos, mas a tendência é que esse número seja aumentado. O gabinete de crise do governo gaúcho voltará a tratar do assunto nesta quarta-feira com a Federação Gaúcha de Futebol (FGF).

O assunto já foi tratado em um encontro entre a FGF e as autoridades na terça-feira, mesmo dia que os clubes da Série A do Brasileirão votaram pelo retorno do público aos estádios a partir da 23ª rodada da competição, neste fim de semana.

Torcida voltará à Arena no jogo de domingo contra o Sport — Foto: Lucas Bubols / ge

Torcida voltará à Arena no jogo de domingo contra o Sport — Foto: Lucas Bubols / ge

O presidente da FGF, Luciano Hocsman, tem mantido contatos diários com o responsável pelo gabinete de crise. A expectativa é de avanço nas liberações a partir de outubro. Já, portanto, para o duelo do Grêmio do fim de semana.

O clube gaúcho, porém, evita fazer projeções de quantos torcedores poderá receber. Mas já divulgou que critérios adotará para a comercialização das entradas enquanto a restrição de público vigorar.

Os associados que mantiveram o pagamento de suas mensalidades desde o início da pandemia terão preferência, mediante check-in. Se restarem ingressos, sócios-torcedores e público em geral poderão adquirir as entradas, nesta ordem de preferência.

A administração da Arena trabalha desde 2020 para ajustar os protocolos de retorno do público. Na última semana, o presidente Romildo Bolzan Jr. recebeu uma comitiva do governo do Rio Grande do Sul para tratar sobre o tema.



Veja também