Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Após vencer o Caxias por 2 a 0 no jogo de ida na final do Gauchão, o Grêmio pode ter um reforço importante no jogo de volta, neste domingo, na Arena. O técnico Renato Gaúcho tem esperança de contar com Diego Souza na decisão e terá uma conversa com o centroavante e o departamento médico nos próximos dias.

Goleador do time na temporada, com nove gols, O centroavante se recupera de lesão muscular na coxa esquerda, sofrida no empate em 1 a 1 com o Flamengo em 19 de agosto. Dois dias depois, o Tricolor informou a situação e revelou que Diego Souza precisaria de 10 dias para ficar à disposição.

O prazo, caso seja cumprido à risca, termina justamente às vésperas do confronto diante da equipe de Rafael Lacerda. O jogador de 35 anos, aliás, já tem sido submetido a alguns exercícios no CT gremista. Resta saber se o atacante terá condições de suportar uma partida.

– Quanto ao Diego, vou falar com ele. Ele tem feito alguns trabalhos. Falarei com todo o estafe e conversarei com o jogador. A partir de amanhã (quinta-feira), começo a sentir se ele tem condição de jogar ou não – disse Renato.

A presença de Diego Souza se torna ainda mais importante diante de outra possível baixa no ataque. Pepê precisou deixar o gramado no início do segundo tempo em razão de um desconforto na coxa esquerda. Será reavaliado para saber a gravidade. Isaque, que teve um problema no cotovelo esquerdo, não preocupa, em um primeiro momento.

A certeza de desfalque para a decisão é Matheus Henrique. O volante cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Lucas Silva surge como o favorito para formar a dupla com Maicon. Por outro lado, Orejuela e Kannemann, que estavam suspensos, voltam a ficar à disposição.



Veja também