Grêmio acerta voos fretados para jogos da Libertadores

Logística definida pela direção busca evitar desgaste dos jogadores

7 de fevereiro de 2017 - Às 12:52
Foto: Andréa Graiz /Agencia RBS

Depois de sofrerem críticas após a eliminação no Gauchão do ano passado para o Juventude, os dirigentes do Grêmio tomam uma medida contra o desgaste dos jogadores em partidas importantes do primeiro semestre de 2017. Pelo menos para os três duelos fora de casa na fase de grupos da Libertadores, o clube vai fretar os voos.

O acerto está bem encaminhado com a companhia aérea Gol, que será a responsável pelo transporte da delegação. Para a Venezuela, onde será a primeira partida contra o Zamora no dia 9 de março, a opção por essa logística está confirmada.

Essa viagem era justamente a que apresentava maiores preocupações para a direção gremista, pelas dificuldades recentes de desembarcar em solo venezuelano. Para Assunção no Paraguai em 20 de abril, para o jogo diante do Guaraní e para o Chile em 3 de maio, diante do Iquique faltam poucos detalhes para ser batido o martelo pelo fretamento.

Na temporada passada, o Grêmio foi criticado por não ter fretado voo para ir até Quito, na penúltima rodada da fase de grupos contra a LDU. Por causa disso, acumulou uma sequência de quatro jogos em oito dias, sendo eliminado pelo Juventude na semifinal do Gauchão.

Para 2017, a medida fica ainda mais justificada pelo calendário gremista. A viagem para a Venezuela, onde joga no dia 9 de março, ocorre logo depois de um Gre-Nal pelo Gauchão. Para o duelo no Paraguai contra o Guaraní, no final de abril, entre as duas semifinais do campeonato regional. E para o Chile, onde enfrenta o Iquique no começo de maio, o Grêmio poderá estar em meio às duas finais do Gauchão.

Fonte: Rádio Gaúcha



Veja também