O Grêmio acertou na manhã desta sexta-feira a venda de César Pinares para o Altay, da Turquia. Os contratos estão sendo redigidos, e o meia deve assinar por duas temporadas com o clube turco, com opção de renovação por mais um ano.

O Tricolor ficará com cerca de US$ 2 milhões (R$ 10 milhões na cotação atual) pela negociação. O Grêmio era dono de 80% dos direitos de Pinares, adquiridos na época da negociação com a Universidad Católica. Os outros 20% pertencem ao clube chileno.

O meia chileno tinha contrato até novembro de 2022 com o Tricolor. Na última segunda-feira, não foi relacionado para o jogo contra o Vitória pela Copa do Brasil. E na quinta, o negócio com o clube turco esquentou, a ponto de acertar a saída do clube.

Pinares treino Grêmio Venezuela — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Pinares treino Grêmio Venezuela — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Destaque da Universidad Católica, do Chile, Pinares foi contratado em definitivo pelo Grêmio em novembro de 2020. Nunca se firmou como titular, tanto com Renato Portaluppi, Tiago Nunes e agora Felipão. No total, o meia disputou 26 partidas e marcou dois gols.

Sem Pinares, o Grêmio agora conta apenas com Jean Pyerre para a posição. Douglas Costa, Darlan, Jhonata Robert, e Pedro Lucas – que está na transição –, também já atuaram na função.



Veja também