Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Após eliminar o Botafogo e avançar à semifinal da Libertadores, o Grêmio mantém bem vivo o sonho de conquistar o tri da América ao fim da temporada, mas já começa a planejar 2018 – e até um futuro mais longevo. A diretoria de futebol gremista avança nas renovações de contratos com atletas cujos vínculos se encerram ao final do ano. O primeiro a assinar a prorrogação contratual deve ser Léo Moura.

O lateral de 38 anos já tem alinhavado um acordo para estender a ligação com o Tricolor até o final de 2018. De acordo com o que o GloboEsporte.com apurou, o novo contrato está pronto para ser assinado a qualquer momento, se necessário.

A renovação contratual serve para coroar as boas atuações do veterano após superar a desconfiança inicial da torcida. Homem de confiança de Renato Portaluppi e titular substituído ainda no primeiro tempo contra o Bota, Léo Moura disputou 33 partidas com a camisa do Grêmio, com três gols marcados. Em entrevista no começo do ano, chegou a dizer que quer encerrar a carreira pelo clube, mas desde que jogue por mais três anos.

Além de Léo Moura, o Grêmio tem pela frente as tratativas de renovações de atletas com contrato até o fim do ano – Fernandinho, Lucas Barrios e Bruno Cortez. Há ainda conversas em níveis distintos com Arthur e Luan, como o GloboEsporte.com apresenta abaixo:

Arthur

O Grêmio já renovou o contrato com Arthur em 2016 e ampliou o vínculo até o final de 2019, protegido por uma multa elevada, na casa dos 40 milhões de euros. As atuações recentes, que renderam convocação para a Seleção de Tite, levaram o Tricolor a conduzir novas tratativas para uma ampliação até 2021, mediante uma boa e merecida valorização salarial – algo que demanda atenção nas conversas.

Arthur deve ter vínculo ampliado até 2021 com multa milionária (Foto: Eduardo Deconto)

De acordo com o que o GloboEsporte.com apurou, o empresário do jovem, Jorge Machado, enviou uma contraproposta às cifras apresentadas pelo clube. A boa relação com o empresário facilita o desfecho positivo. O presidente Romildo Bolzan afirma até que pequenos detalhes separam o clube da renovação.

– Está muito próximo. São detalhezinhos mesmo. Não tem muita dificuldade para finalizarmos o que temos pela frente – afirma o mandatário.

Lucas Barrios

A diretoria do Grêmio e Lucas Barrios já manifestaram mais de uma vez seus desejos mútuos de uma permanência para 2018. Com contrato até o fim do ano, o gringo já recebeu sondagens de clubes do futebol europeu e da América Latina, como o Colo-Colo, em que marcou época e é ídolo.

A preferência e a prioridade do centroavante é de renovar o contrato com o Tricolor, que, por sua vez, aguarda o fim da Libertadores para abrir as tratativas para a prorrogação. De acordo com o que o GloboEsporte.com apurou, o alto salário – já reduzido dos tempos de Palmeiras – pode dificultar as tratativas.

Bruno Cortez

Bruno Cortez declarou desejo de permanecer em 2018 (Foto: Eduardo Deconto)

Grêmio e Cortez já abriram conversas para a renovação e conduzem o assunto com confiança de um desfecho positivo. Até porque ambos almejam a prorrogação do vínculo. O clube aposta no comprometimento do atleta de permanecer, até por ter resgatado seu futebol após chegar contestado. E o próprio lateral-esquerdo admitiu em entrevista que deseja seguir no Tricolor. Seu vínculo vai até o fim do ano.

– A gente está conversando ainda, mas estou superfeliz. Estou muito motivado. Foi o clube que abriu as portas para mim. Confiou em mim, acreditou em mim. Foi o clube que me acolheu superbem. Sou eternamente grato ao Grêmio. Só que nesse momento, estou focado só em ajudar o Grêmio. Temos uma partida muito difícil, que é a da Libertadores. Meu foco é só a da Libertadores. Depois, a gente vê, mais para frente. A diretoria sabe que eu quero ficar – diz Cortez.

Luan

Grêmio e os representantes de Luan não voltaram a conversar desde o retorno do camisa 7 da Seleção, justamente no fechamento da janela europeia de transferências à Europa – na ocasião, o atleta garantiu que irá renovar e não sairá do clube de graça. Com as tratativas estagnadas, o clube leva a palavra de seu principal jogador como grande trunfo para conduzir as negociações, mas também as relega a um momento oportuno, com prioridade na Libertadores.

Renovação de Luan está estagnada, mas direção mantém otimismo (Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG)

Clube e jogador já têm um acerto salarial encaminhado para a prorrogação contratual, mas há uma divergência na definição da multa rescisória e no pagamento de prêmios referentes ao ouro olímpico. O vínculo de Luan com o Grêmio expira em 17 de setembro de 2018. O presidente Romildo Bolzan afirma que há uma proposta nas mãos do empresário Jair Peixoto.

– O Luan tem uma situação de oferta. Está na mão do representante. Me baseio muito na forma como o Luan encarou esse assunto. Disse que vai renovar e que vai trabalhar bem a saída do clube quando acontecer. Eu estou muito tranquilo em relação a tudo isso. Sou muito fã da boa fé das pessoas. É uma situação de desejo ficar, quero renovar, recusei a proposta e quero ficar aqui porque quero ser campeão – afirma Bolzan.

Fernandinho e Bressan

Titular de Renato após a saída de Pedro Rocha, Fernandinho tem um papel cada vez mais importante na equipe do Grêmio. Até o momento, as duas partes não abriram conversas para ampliar o vínculo, que se encerra ao final da temporada, mas há o desejo de permanência. O mesmo vale para Bressan. De contestado a opção de segurança na zaga, o zagueiro e o clube têm desejo de ampliar o contrato, que acaba no fim do ano.



Veja também