O Grêmio acertou na noite da última quinta-feira o empréstimo de cinco meses do goleiro Phelipe Megiolaro para o Dallas FC, time que disputa a principal liga dos Estados Unidos, a MLS. O jovem terá a companhia de Bressan, zagueiro que passou pelo Tricolor.

Conforme noticiado pelo ge, Megiolaro já tinha recebido sondagens da MLS. Agora, Grêmio e Dallas estão trocando documentos para oficializarem a transferência. O empréstimo será com opção de compra no valor aproximado de US$ 2,5 milhões (cerca de R$13,5 milhões na cotação atual).

Phelipe Megiolaro Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Phelipe Megiolaro Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Megiolaro viaja para os Estados Unidos em cerca 15 dias, pois esta resolvendo a situação do seu visto de trabalho. Ele disputará posição com os outros dois goleiros do time e a perspectiva é que tenha mais rodagem, já que no Grêmio estava treinando pelo grupo de transição (time sub-23).

Ele tem contrato com o Grêmio até o final de 2022 e multa rescisória próxima dos 50 milhões de euros (cerca de R$ 307,32 milhões). Os direitos federativos do jogador são divididos em: 70% ao Tricolor e 30% ao seu estafe.

Megiolaro esteve com Pepê, Caio Henrique e Matheus Henrique na seleção sub-23 na campanha do título do Pré-Olímpico. O jovem goleiro era terceira opção no elenco, bem mais jovem que seus concorrentes Cleiton, do Bragantino, e Ivan, da Ponte Preta, que completarão 23 anos em 2020.

O goleiro recebeu algumas oportunidades no ano passado no Brasileirão. No entanto, viu o Grêmio contratar Vanderlei no início de 2020. Agora, Paulo Victor é a primeira opção ao titular e Julio César a segunda. Brenno completa a lista de goleiros do grupo principal.



Veja também