Gols perdidos e linha-burra decretaram o empate

23 de setembro de 2010 - Às 18:00

Depois de mais uma partida sem vencer no Olímpico, o técnico Renato Gaúcho falou após o 2 a 2 diante do Flamengo.

– O time foi bem, criou. Enfrentamos um adversário que não é fácil não. O que não gostei é que poderíamos ter matado o jogo. Tivemos duas chances e não fizemos. Em futebol não pode ter peninha do adversário. Depois fizemos a linha do impedimento, que eu detesto. Não treinamos isso. Foram dois erros: deixamos de matar, e fizemos a linha-burra.

Se fizessemos o terceiro gol…
– Poderia ter se tornado fácil se tivéssemos feito o terceiro gol. Deixamos escapar. Com todo respeito ao Flamengo, que tem grandes jogadores. Foi um grande jogo de futebol, mas pelo que as duas equipes fizeram em campo, o Grêmio merecia vencer.
Jonas teve a melhor chance quando o placar ainda estava no 2 a 1, e Renato também falou:
O Jonas poderia ter chutado forte, escolhido o canto, ou tocado para o lado. Mas falar de fora é fácil.
*Opinião*
O lance do segundo gol foi ridículo, a marcação estava perfeita, o Flamengo não conseguia chegar, ai Leo Moura deu um toque por cima e desmontou a frca defesa do Grêmio, que já tomou 30 gols no Brasileirão e está entre as piores.
Agora é vencer fora de casa, onde o Grêmio está sabendo jogar.
***
VICTOR foi convocado por Mano Menezes para ir à seleção


Veja também