Giuliano pode ficar de fora da estreia do Grêmio na Libertadores

Meia sentiu lesão no amistoso com Danubio e pode ficar fora até 20 dias

26 de janeiro de 2016 - Às 18:52
Foto: Lucas Uebel
Foto: Lucas Uebel

No amistoso diante do Danubio no último sábado, o meia Giuliano foi substituído por Ramiro ainda no primeiro tempo, sentindo dores. Na saída, ao sentar no banco de reservas, logo começou tratamento com gelo.

No começo desta semana, foram realizados exames e o médico do Grêmio confirmou que o jogador pode ficar entre 10 a 20 dias em tratamento, ou até mais:

– Não muda muito da impressão clínica. Ele para de 10 a 20 dias. Pode demorar um pouco mais. Vai depender muito da reação dele. Para de treinar, aí complica tudo – explica o médico Paulo Rabaldo.

A estreia na Libertadores acontece no dia 18/02 à 00h e na pior das hipóteses, o jogador ficaria de fora do jogo diante do Toluca, no México.

O que contribui para a lesão conforme o DM Gremista é o CT Luiz Carvalho já que os campos ainda são duros devido ao uso recente. O solo mais enrijecido facilita esse tipo de inflamação, que aflige a sola do pé



Veja também