Geromel se declara ao Tricolor: “vestir essa camisa é uma honra”

Com 30 anos e 89 partidas disputas pelo Tricolor, Geromel tem o sonho de vestir a camisa da seleção

18 de março de 2016 - Às 12:38

geromel2

O zagueiro Pedro Geromel, atual grande sensação da equipe Gremista em 2016 deu uma entrevista exclusiva ao Esporte Interativo e respondeu a várias questões, como a solidez defensiva da equipe, a perspectiva de conquistar títulos, como é morar em Porto Alegre entre outros assuntos. Leia abaixo:

O elenco

“Esse elenco é muito qualificado e a união e caráter do grupo podem fazer a diferença. No Gaúcho, estamos cientes da importância de um título para o Grêmio e vamos fazer de tudo para ganhá-lo. Na Libertadores, lutaremos até o final para conseguir a classificação em grupo muito complicado, depois, nas fases eliminatórias, o Grêmio é um time copeiro e aí sim lutaremos para ser campeões”.

Seleção Brasileira e Porto Alegre

“Me sinto muito bem em Porto Alegre, a cidade é muito boa e não tem nada igual retornar e poder demonstrar meu futebol no meu país, onde amigos e familiares podem acompanhar minha carreira. Só o fato de ter meu nome associado à Seleção já é um prazer enorme, mas tento não pensar nisso e me concentrar em jogar e ajudar o Grêmio no que for possível”.

Entrosamento com Fred e momento da zaga gremista

“O Grêmio tem um grupo muito qualificado e tanto eu como o Kadu, o Fred, o Bressan ou o Thyere estão prontos para jogar e honrar a camisa do grêmio, temos tido alguma dificuldade neste começo de ano, mas nos últimos 3 anos tivemos uma das melhores defesas do Brasil e daqui a pouco tenho certeza que voltaremos a demonstrar a solidez defensiva de antes”.

Relação com Roger Machado

“Ele é um treinador muito qualificado, com métodos de trabalho fenomenais, que entende o lado dos jogadores e é muito coerente e justo. Com certeza ainda vai ganhar muitos títulos como treinador”.

Ídolo no futebol

“Sempre gostei do futebol do italiano Alessandro Nesta”.

Sensação de vestir a camisa do Grêmio

vestir essa camisa é uma honra, um privilégio para qualquer jogador

“Sempre que entro na nossa Arena (do Grêmio), tenho uma sensação ótima, a atmosfera é demais, a geral torcendo e cantando o jogo todo é um incentivo incrível. Parece que a torcida joga junto com a gente e vestir essa camisa é uma honra, um privilégio para qualquer jogador. É muito bom ter o trabalho reconhecido e a torcida do Grêmio é fenomenal. Desde que cheguei, sempre apoiaram o time em qualquer que fosse a circunstância”.



Veja também