O zagueiro Pedro Geromel continua a sua recuperação para retornar aos gramados com a camisa do Grêmio. Uma reavaliação nos últimos dias manteve o prazo para volta aos treinamentos em quatro semanas, a contar do diagnóstico da lesão.

Nesta sexta-feira, Geromel completa três semanas de fisioterapia pela fratura no dedo mínimo do pé. Dentro da previsão, ainda faltam mais sete dias até o capitão gremista ser liberado para voltar a treinar. A avaliação identificou a recuperação conforme se esperava para consolidação do problema.

A programação do Grêmio ainda prevê uma série de trabalhos físicos com o zagueiro antes da reinserção aos treinamentos com bola com o restante dos companheiros. Conforme apurou o ge, Geromel está ainda em processo de fisioterapia.

Geromel em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Geromel em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O zagueiro sofreu a fratura em um treinamento antes da vitória sobre o Ceará, no dia 12 de setembro, e teve o problema confirmado pelo Grêmio no dia 13. Ele não entra em campo desde o dia 14 de agosto, na derrota para o São Paulo, pela 16ª rodada do Brasileirão.

Atualmente, a defesa titular é formada por Ruan e Rodrigues. O argentino Kannemann também luta contra um problema no quadril e pode inclusive passar por cirurgia ao final da atual temporada para tentar corrigir a lesão definitivamente.

Geromel é o único jogador atualmente no departamento médico gremista. O restante do elenco está à disposição de Felipão para o confronto deste domingo contra o Sport, às 20h30, na partida que marca o retorno do público à Arena.



Veja também