Geromel, Jean Pyerre e Leonardo Gomes: a situação dos lesionados do Grêmio

Tricolor está em pré-temporada e não conta com alguns jogadores em parte das atividades

15 de janeiro de 2020 - Às 12:08
Lucas Uebel / Grêmio, Divulgação

Grêmio segue a sua preparação para a temporada 2020 no CT Luiz Carvalho. Com o andamento dos trabalhos, alguns atletas sentem a carga de treinos e reclamam de dores musculares, como Geromel e Cortez — segundo o departamento, algo normal no período de treinamentos.

Há casos mais complexos e que requerem mais atenção, como Jean Pyerre, que se recupera de lesão muscular, e Leonardo Gomes e Marcelo Oliveira, ambos em recuperação de cirurgias ligamentares.

Mais próximos do retorno

As situações de Geromel e Cortez não preocupam os médicos. Os dois chegaram a realizar atividades físicas comuns com os demais companheiros, mas apresentaram desconforto nas coxas. O caso do zagueiro é mais complexo, já que foi detectado um edema. Nesta quarta-feira (15), novamente passará por atividades especiais.

Quase liberado

Quatro jogadores estão em recuperação de lesões no departamento médico. O único que não foi operado é Jean Pyerre. O meia teve uma lesão muscular em 20 de setembro do ano passado e perdeu os últimos meses de 2019 em tratamento. Pelo longo período de inatividade, ele ainda necessita de uma recuperação física melhor.

Sem previsão

Os três jogadores que estão em situações de mais atenção passaram por reconstrução de ligamentos na temporada passada. Internamente, segundo Paulo Rabaldo, médico do clube, há um protocolo entre sete e oito meses para que os atletas sejam entregues aos membros da comissão técnica. O primeiro a ficar à disposição deve ser Marcelo OliveiraLeonardo Gomes e Gabriel Chapecó, goleiro do time de transição, devem voltar aos gramados apenas na virada de semestre.



Veja também