O que seria a primeira vitória do Grêmio no Brasileirão acabou de forma melancólica. O Tricolor cedeu o empate por 1 a 1 ao Avaí aos 39 minutos do segundo tempo com um gol contra de Michel na noite desta quarta-feira, em Florianópolis. Capitão do time, Geromel procurou isentar o companheiro de culpa pelo erro. Já Everton chamou a responsabilidade por perder a bola no lance anterior.

No entanto, o zagueiro ponderou que a expectativa era compensar os três pontos perdidos em casa, na estreia, para o Santos. Com Kannemann poupado, Michel foi improvisado na zaga mais uma vez.

E, a exemplo do que aconteceu no Morumbi contra o São Paulo, no Brasileirão 2018, fez contra o gol de empate do adversário. Ainda que o equívoco tenha se repetido, Geromel minimizou a falha e destacou que ela poderia acontecer com alguém que não está acostumado à posição.

– O Michel jogou muito, salvou a gente várias vezes, tirou várias bolas. Teve uma infelicidade – pontuou Geromel.

Geromel foi o capitão do Grêmio contra o Avaí — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Geromel foi o capitão do Grêmio contra o Avaí — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Por outro lado, Everton, que começou no banco de reservas, assumiu a culpa na origem do lance. Ele tinha a bola dominada no lado direito do campo de defesa e acabou desarmado pelo zagueiro Betão. Ainda tomou um drible pelo meio das pernas antes do cruzamento adversário encontrar a cabeça de Michel.

– É levantar a cabeça, assumir a responsabilidade no lance do gol. Achei que estava absoluto. Ele (Betão) roubou a bola e levei o drible. Vamos ter que correr atrás destes dois resultados – comentou o atacante.

Com apenas um ponto em dois jogos, o Grêmio segue na parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro. No próximo domingo, recebe o Fluminense, na Arena, às 19h.



Veja também