Geromel admite que o pensamento do Grêmio no início do ano era meio da tabela

26 de outubro de 2015 - Às 23:41
Nós torcedores gremistas estamos frustrados com mais um ano sem título. Porém, esquecemos de olhar pelo que o ano de 2015 guardava para nós.
Poucos investimentos, apostas da base e crise financeira. O ano de 2015 caminhava para uma briga contra rebaixamento ou no máximo meio da tabela no Brasileirão. Foi o que o zagueiro Pedro Geromel afirmou:
“A gente tinha consciência que seria um ano difícil. O Felipão comprou essa ideia, falou que teríamos dificuldades. Teve um planejamento da direção para crise, para daqui dois ou três anos colher os frutos. Aconteceu que chegou o Roger e encaixou. Ele trouxe peças importantes, reintegrou Edinho e Fernandinho, ainda chegou o Bobô, e deu liga no time”, afirmou o jogador.
O jogador comentou que conversou com Elias do Corinthians no início do ano e o adversário também acreditava em uma campanha irregular do Tricolor:
“Sou bastante amigo do Elias, que está no Corinthians. A gente conversava e ele dizia ‘meu, vocês vão brigar este ano para ficar no meio da tabela. Meio da tabela vai estar bom para vocês’. Realmente era a nossa realidade”, disse.
Atualmente o Grêmio é 3º colocado do Brasileirão com 56 pontos e precisa de mais duas ou três vitórias em seis partidas para se garantir na Libertadores 2016.


Veja também