O Grêmio recebeu o Cruzeiro na noite desta quinta-feira pela penúltima rodada do Brasileirão e venceu por 2 a 0 com gols de Ferreira e Pepê, reassumindo a 4ª colocação e deixando o Cruzeiro em situação complicada no Z4.

Escalação inicial: Paulo Victor, David Braz, Kannemann, Cortez, Galhardo, Matheus Henrique, Michel, Pepê, Everton, Tardelli e Luciano

PRIMEIRO TEMPO
O jogo iniciou bastante disputado mas o Cruzeiro estava mais ligado na partida. O Tricolor parecia lento, parecendo sem intenções. Precisando vencer, o time mineiro estava mais disposto apesar do Grêmio estar melhorando na partida.

Os erros de passe do Tricolor dificultavam a criação de jogadas ofensivas. A melhor chance acabou sendo do time mineiro aos 29 minutos quando Éderson recebeu lançamento e tentou encobrir Paulo Victor, mas o goleiro conseguiu se recuperar e salvar o Imortal.

O jogo no primeiro tempo foi bastante sonolento, com baixo nível técnico apresentado pelas equipes.

SEGUNDO TEMPO
A partida seguiu com um festival de erros por parte das duas equipes. O Cruzeiro chegou com muito perigo aos 13 minutos, mas David Braz e depois Paulo Victor salvaram o Grêmio de sofrer o gol.

Renato colocou os meninos Ferreira e Patrick em campo. Até que aos 21 minutos, Paulo Victor repôs a bola com velocidade, Pepê dominou, arrancou e mandou para dentro da área onde estava Ferreira. Ele dominou e bateu na saída do goleiro Fábio, abrindo o placar na Arena.

Após o gol, o Tricolor acordou. Patrick teve grande chance aos 24 minutos, mas chutou por cima. Aos 29, Cortez lançou Everton na área que dominou e bateu mal, fraco, facilitando a vida de Fábio e perdendo grande chance.

Aos 39 minutos, Pepê fez grande jogada individual e sofreu pênalti dentro da área. Ele mesmo foi para a cobrança e marcou, ampliando para o Tricolor. O time mineiro estava entregue em campo. No final da partida, o Grêmio ainda pressionou em busca do terceiro gol e garantiu o triunfo na despedida da Arena em 2019.



Veja também