Foto: Reprodução

Pela última rodada do Brasileirão, o Grêmio entrou em campo com time Sub-20 diante do Atlético-MG e diferente do que se imaginava, jogou de igual para igual mas acabou derrotado por 4 a 3, em um jogo muito movimentado. Jean Pyerre, Pepê e Batista marcaram os gols do Tricolor.

O resultado fez o Grêmio finalizar o Brasileirão na 4ª posição.

Escalação inicial: Bruno Grassi, Ruan, Emanuel, Felipe e Conrado; Balbino, Machado, Jean Pyerre, Diontahã, Pepê e Lucas Poletto

PRIMEIRO TEMPO
Como era de se esperar, o time do Atlético começou pressionando, mas a garotada gremista também assustava nos contra-ataques. Aos 13 minutos, Fred teve a chance mas Bruno Grassi salvou.

O Tricolor teve grande chance aos 20 minutos quando Jean Pyerre recebeu cruzamento rasteiro na entrada da área e livre bateu no centro do gol onde estava Victor, que defendeu, perdendo grande chance. Aos 22, Fred recebeu de Robinho na área e bateu para defesa de Grassi.

Aos 25, Otero bateu de fora da área e Bruno Grassi salvou mais uma vez. Aos 29, Elias arriscou de fora e acertou o travessão. Mas, como quem não faz toma, aos 34 minutos, após cobrança de falta, a bola bateu na barreira e sobrou livre para Jean Pyerre na área que chegou batendo no canto, abrindo o placar.

Mas, aos 36, Elias tabelou com Fred e na cara do gol bateu no contrapé de Grassi, empatando o jogo. Mas, aos 44, Jean Pyerre deu lindo passe para Pepê que passou pelo goleiro e tocou para o gol vazio. Mas, em cobrança de falta, aos 48, Otero deixou tudo igual novamente, em um primeiro tempo muito movimentado.

SEGUNDO TEMPO
Na etapa final, o time do Atlético-MG seguiu com mais posse e sendo mais ofensivo, mas o Tricolor parecia não sentir a pressão e buscava jogar de igual para igual, não ficando apenas na defesa e também oferecendo perigo ao adversário.

Aos 15 minutos, Pepê fez ótimo cruzamento e Batista apareceu na área escorando para as redes, desempatando o jogo novamente. Aos 21 minutos, após cruzamento na área, Fred cabeceou na primeira trave, sem chances para Grassi, empatando o jogo novamente. No minuto seguinte, Jean Pyerre lançou Batista que na cara do gol bateu em cima de Victor, perdendo ótima chance.

Aos 25, Gustavo Blanco recebeu na frente do goleiro e chutou, mas Grassi defendeu. O time mineiro, precisando da vitória, se lançou ao ataque, enquanto o Tricolor acabou ficando mais recuado. Aos 37, Gustavo Blanco fez falta dura e recebeu cartão vermelho.

Houve uma queda de energia aos 38 minutos, ficando 11 minutos parado. Aos 53 minutos, Otero bateu falta de longe, com muita categoria e fez um belo gol, desempatando o jogo.



Veja também