Enfrentar o Atlético-MG em Belo Horizonte traz boas lembranças para o lateral-direito Galhardo. Titular do Grêmio no confronto do próximo domingo, às 19h, pela 25ª rodada do Brasileirão, o jogador lembra do golaço marcado pelo Tricolor contra o Galo em 2015, num lance iniciado por ele no campo de defesa.

A “boa lembrança” do defensor fica para trás ao passo que já se passaram quatro anos daquele 2 a 0, disputado no Mineirão. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, no CT Luiz Carvalho, o lateral recordou a construção da jogada, que teve trocas de passes rápidas e finalização de Douglas no contra-ataque

– Roubei a bola lá atrás e foi gol do Douglas. É uma boa lembrança, espero que possa acontecer o mesmo no domingo. São anos diferentes, jogadores diferentes, mas o Grêmio joga da mesma forma. Estamos fazendo grandes partidas fora de casa. Ganhamos recentemente no Horto, do Cruzeiro. Vamos nos preparar bem, chegar lá e fazer um grande jogo – comentou o lateral.

O esquema novo do adversário, com três zagueiros, também foi alvo de análise. Nas últimas partidas, o Atlético-MG foi armado por Rodrigo Santana com uma linha de cinco defensores, entre eles três zagueiros, para os jogos com Palmeiras e Flamengo.

A iniciativa, se mantida para domingo, irá trazer dificuldades para o Tricolor, que precisará procurar os lados do campo, na visão de Galhardo.

– Sabemos da sequência ruim que estão tendo, nos dois últimos jogos até mudaram o esquema, colocaram três zagueiros. É uma equipe perigosa, com grandes jogadores. Passa por um momento ruim, mas é de muita qualidade e vamos enfrentar dificuldade. Equipe que se fecha muito, tendo três zagueiros, o meio fica mais fechado. Precisamos abrir o jogo – analisou.

O Tricolor ainda treina na manhã deste sábado antes da viagem a Belo Horizonte. Léo Moura e Tardelli devem ser desfalques. A provável escalação tem: Paulo Victor; Galhardo, Geromel, David Braz e Cortez; Michel, Maicon (Thaciano ou Rômulo), Alisson, Luan e Pepê; André.



Veja também