A retomada do Campeonato Gaúcho começa a tomar forma após a liberação do Governo do Rio Grande do Sul para o fim de julho. Em uma reunião por videoconferência na tarde desta sexta-feira, clubes e Federação Gaúcha de Futebol (FGF) decidiram pela manutenção da ordem atual da tabela da competição.

Assim, o Gauchão será reiniciado com uma rodada de clássicos nos dias 22 e 23. O encontro também decidiu que a grande final, caso necessária, será disputada em dois jogos.

As datas também foram definidas. Após as últimas três rodadas e a semifinal em jogo único, a final do segundo turno – também em jogo único – está marcada para o dia 5 de agosto.

A FGF aguarda o campeão do segundo turno para avançar nas definições de datas para a finalíssima. Caso Grêmio ou Inter vençam, as decisões não podem coincidir com o Brasileirão, marcado para 9 de agosto.

Vale lembrar: a grande final só ocorrerá se o Caxias não for o campeão. O Grená já venceu o primeiro turno.

Luciano Hocsman chega para reunião com governador do RS — Foto: Paula Menezes

Luciano Hocsman chega para reunião com governador do RS — Foto: Paula Menezes

FGF bancará hotéis para concentração

Na reunião também ficou acertado que a FGF será responsável pelos custos de hotéis para concentração dos times do interior. A federação pagará a diferença entre as despesas normais e o acréscimo de gastos pelo período maior de “confinamento”.

O protocolo para os jogos ainda passará por ajustes, mas prevê uma bateria de 50 testes para Covid-19 e período de isolamento das delegações antes das partidas. Uma nova reunião na semana que vem definirá estas questões técnicas.

A primeira versão do protocolo prevê a redução de sedes, com uma série de restrições de circulação, redução de delegações e controle sanitário.

O Gauchão foi interrompido em 15 de março, após a 3ª rodada do segundo turno. Agora, será retomado já com uma rodada de clássicos: Gre-Nal, Ca-Ju, Bra-Pel e o Clássico do Vale, entre Novo Hamburgo e Aimoré.

Restam três rodadas, além de semifinal e final para concluir o segundo turno. Caso o campeão não seja o Caxias, haverá ainda a grande final para decidir o campeão de 2020.



Veja também