Foto: Mauro Schaefer

O Grêmio não conseguiu evitar a derrota, no jogo de ida da final da Copa do Brasil contra o Palmeiras, mas de novo mostrou melhora a partir da entrada do atacante Ferreira. Após a partida, classificou como “pequena” a vantagem paulista por conta de o gol fora de casa não ser usado como critério de desempate e mostrou confiança na virada.

“Perdemos por detalhes. Eles acharam um gol na bola parada, um escanteio, quando o nosso time estava melhor no jogo. É uma vantagem pequena. Vamos trabalhar essa semana para a partida de volta e aproveitar que não tem gol fora”, frisou. “Um gol nos coloca novamente na briga. Temos que ouvir o que o Renato tem para nos passar e irmos focados para a segunda partida”, analisou o jogador, que entrou aos 25 minutos do segundo tempo no lugar de Maicon e deu nova dinâmica ao time.

Os dois times voltam a se encontrar no próximo domingo, às 18h, no Allianz Parque, em São Paulo. O Palmeiras jogará por um empate, enquanto que o Grêmio precisa vencer por dois ou mais gols para ser campeão no tempo normal. Vitória tricolor por apenas um gol leva a decisão aos pênaltis.



Veja também