O jovem Fernando Henrique não conteve as lágrimas após a eliminação do Grêmio na Copa Sul-Americana para a LDU na noite desta terça-feira, na Arena, nas oitavas de final. O volante de 20 anos caiu no choro logo ao adentrar o túnel de acesso aos vestiários e foi consolado pelos companheiros.

O jogador cometeu o pênalti que decretou a virada do time equatoriano na partida, aos cinco minutos do segundo tempo. Antes disso, Diego Souza havia aberto o placar para os gaúchos, e Alcívar empatado no fim da etapa inicial.

Inicialmente, a falta de Fernando Henrique em Jhojan Julio na área do Grêmio não foi marcada pelo árbitro venezuelano José Argote. Só que os profissionais do VAR o orientaram a revisar a jogada no vídeo. Após três minutos de análise, ele mudou a decisão e apontou a infração.

Depois do apito final, o garoto entrou no túnel da Arena e desabou em lágrimas. Foi logo abraçado por Victor Bobsin. Ricardinho, que passava perto, retornou e também ajudou o companheiro a se recompor no caminho do vestiário.

Fernando Henrique cometeu o pênalti em Jhojan Julio — Foto: Staff Images / Conmebol

Fernando Henrique cometeu o pênalti em Jhojan Julio — Foto: Staff Images / Conmebol

Alcívar, o carrasco da noite, venceu Gabriel Chapecó e garantiu o 2 a 1 para a LDU em Porto Alegre. O resultado elimina o Grêmio da Copa Sul-Americana. Agora, o time gaúcho tem Brasileirão e Copa do Brasil pela frente.

No próximo sábado, há uma nova chance para a recuperação na tabela do campeonato nacional. Às 17h, recebe o América-MG na Arena, em duelo direto do 19º contra o 17º. O Grêmio tem seis pontos, três atrás do Coelho.



Veja também