Felipão fez questão de exaltar a felicidade que sente pela vitória do Grêmio em cima do Flamengo neste domingo por 1 a 0, no Maracanã, pelo Brasileirão. Apesar disso, o técnico tratou de frear qualquer animação, relatando que o caminho é longo para se livrar do rebaixamento.

Nesta noite, o passo dado veio através do gol de cabeça de Borja, ainda no primeiro tempo. Os três pontos conquistados deixam o Tricolor com 22, na 17ª colocação, podendo sair do Z-4 na próxima rodada se vencer o seu jogo e dependendo de demais resultados.

A vitória foi boa, mas temos muito e muito caminho para percorrer.— Felipão

— Se hoje estivéssemos com 20, 21 pontos, eu estaria muito feliz. Porque é dentro do organograma de ponto no primeiro turno, que se encerra hoje para nós. Temos 22 pontos. A gente começa a dar alguns passos e fica feliz, porque conseguimos ainda equilibrar algo que já estava muito difícil no início. Mas a vitória veio no momento certo, nos deixará com a possibilidade de uma sequência melhor — analisou o treinador depois da vitória.

Felipão comanda o Grêmio na vitória diante do Flamengo — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Felipão comanda o Grêmio na vitória diante do Flamengo — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

A felicidade de Felipão vai além da vitória e dos pontos somados. O sentimento também é a longo prazo, porque o resultado injeta doses altas de confiança no elenco, de acordo com o técnico. E não só para os próximos jogos.

— Acredito que (a vitória) dá um pouco mais de confiança, porque perdemos em casa por 4 a 0. Acho que aqueles dois resultados na Copa do Brasil fizeram com que tivéssemos uma postura diferente, um olhar diferente em todos momentos do jogo. Acredito que com isso a gente adquira um pouco mais de confiança nos treinos e depois nos jogos para vencer os adversários — comentou.

Com todos esses elementos na bagagem, o Grêmio retorna a Porto Alegre na madrugada desta segunda-feira. O dia será de folga, e a reapresentação ocorre apenas na terça, às 15h, no CT Luiz Carvalho. A preparação será para o jogo contra o Athletico-PR no domingo seguinte, na Arena da Baixada, pela 22ª rodada do Brasileirão.



Veja também