Tadeu Vilani / Agencia RBS

Depois de quatro meses, Felipe Vizeu voltou a jogar pelo Grêmio. Apesar da derrota para o Flamengo no domingo, o centroavante celebrou os 19 minutos em campo. E, com a aproximação do fim da temporada e do empréstimo junto à Udinese, da Itália, abriu caminho para a renovação e permanência no clube em 2020.

Vizeu não atuava desde o dia 10 de julho, no empate com o Bahia, pela Copa do Brasil. Naquela partida, rompeu o ligamento do joelho esquerdo e precisou passar por cirurgia. Justamente quando começava a ganhar espaço na equipe. O empenho na recuperação foi brindado com a chance na partida da 33ª rodada do Brasileirão. A ideia, agora, é seguir em Porto Alegre.

— Claro que estou muito feliz aqui, meu filho nasceu aqui, estou muito bem ambientado. O povo me recebeu muito bem, a nação gremista também. A prioridade é do Grêmio, manter o foco nesse final e deixar para conversar depois. Se Deus quiser, a gente vai resolver — disse o atacante após o jogo.

A direção tricolor, contudo, pensa em tratar sobre o assunto apenas após o fim do Brasileirão. O vice de futebol Duda Kroeff admite que pretende estender a permanência do atacante, mas, assim como ele, quer foco total na briga pelo G-4.

— (Vizeu) Pode ficar, sim. Nós estamos conversando devagarinho, porque estamos muito concentrados em ficar na fase de grupos da Libertadores do ano que vem. Mas a gente tem tido algumas conversas a respeito. Assim que tivermos garantidos na Libertadores, vamos nos dedicar a isso bastante, totalmente — comentou o dirigente.

Vizeu entrou na partida contra o Flamengo aos 31 minutos do segundo tempo, no lugar de Léo Moura. Participou de um dos lances polêmicos do embate, quando tentou cruzar na linha de fundo e a bola bateu em Renê. Os gremistas queriam pênalti, mas o árbitro entendeu que houve toque no corpo do adversário antes de desviar no braço.

— Claro que esperava (voltar a jogar em 2019). Até porque vim trabalhando há muito tempo, são quatro meses. Muita dedicação, muito comprometimento. Eu sabia que, pela lesão que tive, para voltar num bom nível, teria que abdicar 100% de tudo e focar no máximo na minha recuperação. Graças a Deus, no tempo que entrei fiz bons movimentos, me sentindo bem, solto, leve — avaliou Vizeu.

O Grêmio volta aos trabalhos apenas na terça-feira, no CT Luiz Carvalho, e terá folga nesta segunda. Mais uma vez, o elenco usará semana cheia para se preparar ao confronto diante do Palmeiras, no próximo domingo, em São Paulo, pela 34ª rodada do Brasileirão.



Veja também