O período de 12 dias de treinos no Grêmio começou agitado e teve diversas observações por parte do técnico Luiz Felipe Scolari. Mas, depois da série de testes realizados, quem acompanha a rotina do CT Luiz Carvalho aposta na manutenção do time que vinha jogando para a partida de domingo contra o Ceará na Arena.

Após a saída de Maicon e protestos da torcida, Felipão acompanhou de perto a reação dos jogadores aos fatos e não teve receio de buscar novas alternativas dentro das opções disponíveis. O adiamento do jogo contra o Atlético-MG deu a oportunidade para o treinar fazer testes em todos os setores.

Mas, apesar do período de trabalho, a tendência é de que o Grêmio volte ao Brasileirão com ajustes no time e mesma estrutura que vinha sendo utilizada. A esperança é de que os dias de trabalho tenham ajudado a solucionar os problemas ofensivos da equipe, o principal foco dos últimos treinamentos.

Felipão, técnico do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Felipão, técnico do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O maior número de mudanças observadas, no entanto, aconteceu no sistema defensivo. O lateral-esquerdo Guilherme Guedes foi observado nos dois lados da defesa. Rafinha voltou para a função na direita, mas a tendência é de que Vanderson recupere o posto de titular.

Na atividade de quinta-feira, Felipão dividiu três times em determinada parte da atividade — como os duelos eram alternados, alguns atletas atuaram por mais de uma equipe.

  • Amarelo: Vanderson, Fernando Henrique, Geromel, Cortez, Bobsin, Campaz, Ferreira, Luiz Fernando e Léo Pereira.
  • Azul: Rafinha, Rodrigues, Kannemann, Guilherme Guedes, Thiago Santos, Darlan, Victor Ferraz, Alisson, Diego Souza e Jhonata Robert.
  • Branco: Léo Gomes, Ruan, Paulo Miranda, Diogo Barbosa, Lucas Silva, Mateus Sarará, Jean Pyerre, Everton e Diego Churín.

Kannemann também ficou fora do time titular em alguns momentos da semana. Ruan foi quem fez parceria com Geromel em dois treinos, mas o argentino segue como o mais cotado para jogar ao lado de Geromel.

Guilherme Guedes em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Guilherme Guedes em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O meio-campo foi o setor com o menor número de testes. Villasanti, com a seleção paraguaia, e Thiago Santos são a dupla preferida da comissão técnica. Uma das variações testadas foi a entrada de Jean Pyerre mais recuado, uma alternativa para cenários em que o time precisará ter maior posse de bola e jogar de forma mais ofensiva.

Na frente, Borja e Alisson são titulares incontestáveis. Campaz também segue como esperança para ajudar nas dificuldades de criação do time. Jhonata Robert agradou, teve boa participação com o time de aspirantes contra o Corinthians, e aparece como alternativa para Ferreira.

Uma projeção de escalação tem Gabriel Chapecó; Vanderson (Guedes), Geromel, Kannemann e Rafinha; Thiago Santos, Villasanti, Alisson, Campaz e Ferreira (Jhonata Robert); Borja.

A última disputa que também estava em consideração era para o gol. Gabriel Chapecó teve seu desempenho bastante elogiado no período sem jogos.

Brenno corre por fora por uma chance, mas o receio é de que uma mudança neste momento poderia repetir o fracasso da experiência tentada na final da Copa do Brasil. A troca do titular em um momento importante, e a chance de o reserva entrar em um jogo considerado fundamental sem ritmo de jogo é o que indica a permanência de Chapecó.

Jhonata Robert em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Jhonata Robert em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Depois de tantos dias de treino, e as variações trabalhadas, o clima é de otimismo no Grêmio. Além da parte técnica, física e tática, o clima entre os jogadores também recebeu atenção especial.

A concentração antecipada garantiu todos os atletas disponíveis para domingo reunidos. Somente dois jogadores do grupo profissional ficaram fora da concentração antecipada. Adriel, o terceiro goleiro, e Douglas Costa. O camisa 10 tem retorno previsto aos treinos para a próxima segunda-feira.

O Tricolor volta a treinar na manhã desta sexta e outra vez no sábado, já com as presenças de Borja e Villasanti. Apesar de um treino só, ambos devem ir para o duelo com o Ceará.



Veja também