Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Uma das novidades de Vagner Mancini para o jogo contra o Fluminense, Elias teve a sua primeira chance como titular no Brasileirão e também com a nova comissão técnica. O jovem atuou o primeiro tempo, teve algumas oportunidades de gol, mas não conseguiu converter e deu lugar a Ferreira na volta do intervalo. Mesmo assim, não deixou de receber elogios do treinador.

A entrada de Elias fez parte da estratégia de Mancini para o jogo contra o Fluminense. O treinador alterou a estrutura ofensiva da equipe, com a ideia de ter mais jogadores, como ele mesmo definiu, “acostumado a fazer gols”.

– Nos últimos jogos, embora tenhamos feito bons jogos, pecamos um pouco no número de finalizadores na área. Queria ter o Elias perto do Diego Souza. Mas acima de tudo ter mais finalizadores dentro da área. Perdemos algumas chances importantes, mas felizmente o gol saiu no segundo tempo – comentou.

Em 45 minutos, Elias finalizou três vezes contra o gol do Fluminense. Em uma delas, o jovem acertou o travessão com menos de um minuto de jogo e depois forçou o goleiro Marcos Paulo a fazer defesa após receber lançamento de Diego Souza na área.

Em oito jogos pelo time profissional, Elias marcou dois gols em 2021. Mas foi na campanha do título do Grêmio no Brasileirão de Aspirantes que o atacante virou um dos jogadores mais pedidos pelos torcedores na equipe principal. Artilheiro da competição, marcou 12 gols em 13 partidas e acabou como destaque do time campeão.



Veja também