“Falta quase tudo”, diz Roman sobre acerto por Gabriel Fernández

Dirigente do Grêmio adotou cautela antes de anunciar atacante que pertence ao Racing

6 de janeiro de 2017 - Às 12:03

Seguem pendentes os diversos assuntos tratados pela direção do Grêmio nesta última semana antes da reapresentação do elenco. No Uruguai, Gabriel Fernández já é dado como jogador do Tricolor. Em Porto Alegre, ainda não. Questionado sobre o que falta para confirmar o reforço, o vice de futebol Odorico Roman foi cauteloso.

“Falta os clubes se entenderem nos valores, o que já está bem encaminhado, mas o negócio só se conclui com o contrato assinado. Havendo a aceitação por parte dos uruguaios, ele tem que vir, fazer exames médicos, assinar. Na verdade, falta quase tudo”, disse o dirigente.

Tudo indica que o negócio terá um desfecho positivo. Nessa quinta-feira à noite, o presidente do Racing disse à Rádio Guaíba que enviará a resposta hoje, aceitando a proposta.

Sobre outro reforço, Kayke, que chegou a Porto Alegre ainda na terça-feira, o Grêmio informou, em nota oficial divulgada no site do clube na noite de ontem, que desistiu da contração do centroavante Kayke. De acordo com o texto, “as partes não chegaram a acordo em relação a alguns aspectos do contrato”.

Ontem, o presidente do Flamengo afirmou que Fernandinho se reapresentará no Grêmio, no dia 12. O volante Tontini foi emprestado ao Ceará. E o Santos está próximo de fechar com Barcos, que está no Vélez Sarsfield.



Veja também