Grêmio voltou ao trabalho na tarde desta sexta-feira no CT Luiz Carvalho. Três dos quatro expulsos no empate em 0 a 0 do Gre-Nal da última quinta-feira, pela Libertadores, estavam no gramado para a atividade dos reservas. Entre eles Paulo Miranda, protagonista da briga no campo da Arena. Kannemann também esteve normalmente enquanto foi possível observar o treino.

Kannemann em treino do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

Kannemann em treino do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

O argentino, assim, pode retornar ao time contra o São Luiz, às 11h de domingo, na Arena, pelo Gauchão. As partidas do estadual serão com portões fechados a partir desta rodada, devido à pandemia do coronavírus.

Estavam no campo também nomes como Jean Pyerre, que jogou praticamente todo o segundo tempo do clássico, e Luciano, Pepê e Paulo Miranda, todos expulsos na confusão do final do jogo. O técnico Renato Gaúcho reuniu os atletas para uma conversa antes da atividade.

Paulo Miranda em treino do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

Paulo Miranda em treino do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

Os titulares permaneceram no vestiário e não apareceram no campo durante o período liberado para acompanhamento da imprensa. Maicon deixou o jogo com dores na coxa esquerda, mas segundo o técnico Renato não teve nenhum problema sério.

Como a Libertadores está suspensa, o Grêmio não tem compromisso durante a semana. Assim, pode usar seus principais jogadores no Gauchão. Depois do São Luiz, está marcado o Gre-Nal, no dia 21.

Correram no gramado o lateral-esquerdo Marcelo Oliveira e o lateral-direito Leonardo Gomes, ambos em recuperação de cirurgia no joelho. O goleiro Julio César, sem problema informado, também ficou fora do treinamento.

O Grêmio ainda treina neste sábado antes do duelo matinal com o São Luiz, às 11h do domingo, na Arena, pela 3ª rodada do segundo turno do Gauchão.



Veja também