Com a vitória do Grêmio sobre o Fluminense na noite de sábado, a primeira da equipe no Brasileirão, o time gaúcho deixou a lanterna da competição. Em cobrança de pênalti, Piñares marcou o único gol do jogo válido pela 12ª rodada.

Após a partida, o diretor-executivo Diego Cerri concedeu entrevista coletiva para falar dos próximos movimentos do clube no mercado. O dirigente foi questionado sobre a investida da equipe por Paulinho, comandado por Felipão na China, mas evitou citar detalhes de uma possível negociação.

– Eu não posso comentar sobre nomes publicamente. Mas o que posso dizer é que temos trabalhado muito, junto com a comissão técnica nova, internamente, para buscar alguns reforços pontuais e de qualidade. Não vamos contratar baciada. Temos um bom elenco, jogadores que estão entregando – disse o dirigente.Vamos trazer jogadores de qualidade que de fato possam agregar e encorpar o nosso elenco.— Diego Cerri, executivo do Grêmio

Diego Cerri (esq.) ao lado de Carlos Amodeo, CEO do Grêmio, e Marcos Herrmann, vice de futebol — Foto: Lucas Bubols/ge.globo

Diego Cerri (esq.) ao lado de Carlos Amodeo, CEO do Grêmio, e Marcos Herrmann, vice de futebol — Foto: Lucas Bubols/ge.globo

Observando alternativas para as funções carentes no grupo atual de jogadores, Diego Cerri afirmou que o Grêmio não trabalha apenas com nomes que estão no Brasil, mas também do exterior.

Atletas contratados de fora do país só podem ser inscritos a partir de 1º de agosto. Essa é a data na qual a janela internacional de transferências reabre para clubes brasileiros.

– A gente busca oportunidades no mercado. Não consigo cravar que vamos comprar os direitos de atletas que estão em outras equipes ou apenas buscar as oportunidades de atletas livres ou por empréstimo. Estamos buscando soluções e elas vão depender das oportunidades que apareçam – reforçou Cerri.

A primeira vitória coloca o Grêmio na 18ª posição do Brasileirão, com seis pontos. Como Cuiabá e Chapecoense, 19º e 20º, se enfrentam neste domingo, um deles não poderá ultrapassar o Tricolor, independentemente do resultado.



Veja também