Artilheiro do Grêmio nas duas últimas temporadas, destaque do time e ídolo da torcida, Everton está a caminho de realizar o sonho de atuar no futebol europeu. Antes do anúncio oficial pelos clubes, o atacante embarcou na manhã desta quarta-feira para Portugal para assinar contrato e ser apresentado pelo Benfica do técnico Jorge Jesus. O vínculo será por cinco temporadas.

Antes do embarque, Cebolinha falou com exclusividade com a reportagem da RBS TV. O atacante disse que vai sentir saudades do Grêmio, dos torcedores e de Porto Alegre, mas que está feliz por dar um novo passo na carreira.

– A ficha demora a cair um pouco por tudo que vivi no Grêmio, nesta cidade. Foi em Porto Alegre que meu filho nasceu aqui e deixo raízes. Fico feliz por realizar um sonho que sempre almejei na carreira, mas triste por deixar um clube como esse, que me acolheu muito bem. Sempre procurei corresponder, mas agora é alçar voos maiores e que tudo dê certo – disse o camisa 11.

Everton embarca para Portugal — Foto: Fernando Becker/RBS TV

Everton embarca para Portugal — Foto: Fernando Becker/RBS TV

Cebolinha apareceu no saguão por volta das 9h30. Acompanhado por mais dois representantes de seu estafe, o agora ex-camisa 11 do Grêmio realizou o check-in e, no caminho até a sala de embarque, foi abordado por torcedores, que buscavam o último registro do ídolo. Atencioso, parou para bater fotos com os fãs, sempre usando máscaras.

Além da forte ligação com a torcida, Cebolinha também criou muitos vínculos no vestiário gremista. O atacante contou que se emocionou ao despedir do grupo de jogadores. Muitos dos quais o acompanham desde os tempos das categorias de base.

– Foi diferente. Me emocionei outra vez. Vivi parte da minha vida (no Grêmio), foram oito anos. Cresci, convivi com eles. Levarei para toda a minha vida, os treinadores, estafe. Muito obrigado. Eles foram fundamentais para que eu crescesse – agradeceu.

Everton recebe o carinho antes do embarque  — Foto: Fernando Becker

Everton recebe o carinho antes do embarque — Foto: Fernando Becker

Everton falou ainda sobre o contato por telefone com Jorge Jesus. O técnico luso disse como pretende usá-lo no time português e como acredita que será sua trajetória na Europa. Cebolinha ainda não conheceu os futuros companheiros, mas já recebeu informações sobre o clube de quem jogou lá e espera repetir o sucesso do período de Grêmio.

– Ainda não tive contato (com os jogadores). Só com quem já jogou. Com a correria, precisei resolver muitas coisas. Espero ser bem-sucedido. Expectativa de vestir a camisa, fazer uma grande história e ficar marcado – finalizou.

A negociação foi fechada por 20 milhões de euros (R$ 127,6 milhões, pela cotação atual), com pagamento à vista. O Grêmio também ficou com 20% do lucro de em uma futura venda na Europa. O Tricolor detinha 50% dos direitos econômicos de Everton, mas negociou com as demais partes para ficar com uma fatia maior na negociação.

Everton embarca a São Paulo antes de ir a Lisboa — Foto: Reprodução

Everton embarca a São Paulo antes de ir a Lisboa — Foto: Reprodução

Aos 24 anos, Everton deixa o Grêmio como artilheiro e principal jogador do time nas duas últimas temporadas. Seu último jogo com a camisa do clube foi o Gre-Nal da final do segundo turno do Gauchão, no qual teve participação nos dois gols da vitória.

Natural de Maracanaú, no Ceará, o atacante trocou Fortaleza por Porto Alegre em 2013. No ano seguinte, já recebia as primeiras oportunidades no time principal.

Em sua trajetória pelo Grêmio, participou de 273 partidas, com 69 gols marcados. Foi campeão da Copa América pela Seleção e esteve presente nos títulos da Copa do Brasil (2016), Libertadores (2017), Recopa (2018) e dois Gauchões (2018 e 2019).



Veja também