Foto: Eduardo Moura

É bom a torcida decorar os nomes dos jogadores do chamado grupo de transição e do técnico César Bueno. São eles que vão começar 2018 para o Grêmio e ficar nos holofotes pelo menos até o início de fevereiro. No planejamento inicial do clube, o grupo principal se reapresenta no dia 18 e só estreia em competições oficiais na Recopa Sul-Americana ou em uma partida do Gauchão antes do período do Carnaval.

Como há um jogo do Gauchão a ser remarcado —o duelo contra o Brasil-PEL, na 6ª rodada, está previsto para a mesma data da partida de ida da Recopa — o grupo principal poderá estrear em 2018 neste confronto ou na primeira final da Recopa.

O grupo de transição treinou até o último sábado (30) e retoma os trabalhos na quarta (3).  Na sexta (5), retornam aqueles jogadores que encerraram o Brasileirão pelo Grêmio como Patrick, Dionathã e Jean Pyerre. A partir daí, serão de 20 a 22 atletas que intensificam preparativos para a estreia no Gauchão dia 17, contra o São Luiz em Ijuí.

Esse time, sob comando de César Bueno, deverá jogar contra o São Luiz na 1ª rodada, Caxias na 2ª rodada, Avenida na 3ª e São José na 4ª. Depois, depende do planejamento de Renato e dos resultados nas primeiras rodadas. Na 5ª rodada, o Grêmio recebe o Cruzeiro na Arena no dia 2 de fevereiro e no calendário atual só voltaria a campo em 14 de fevereiro pela Recopa Sul-Americana contra o Independiente.



Veja também