À espera do Real Madrid na final, Grêmio troca Al Ain por Abu Dhabi

Delegação gremista já está concentrada na cidade da final do Mundial de Clubes; quarta-feira será de folga e de observação ao adversário na decisão

13 de dezembro de 2017 - Às 12:09
Foto: Eduardo Moura

O Grêmio já está na sede da final do Mundial de Clubes. Após a vitória sofrida diante do Pachuca, com gol apenas na prorrogação, a delegação gremista trocou a cidade de Al Ain por Abu Dhabi na tarde desta quarta-feira, manhã no Brasil. A decisão do torneio será disputada no próximo sábado, às 15h (de Brasília), no estádio Zayed Sports City, contra o vencedor do confronto entre Real Madrid e Al Jazira, que entram em campo nesta quarta-feira.

Alguns jogadores falaram com a imprensa após a chegada da delegação a Abu Dhabi. Entre eles Everton, autor do gol da vitória sobre os mexicanos. E embora o adversário da final ainda não esteja definido, os gremistas já projetam um confronto contra o poderoso Real Madrid de Cristiano Ronaldo e companhia.

– É uma decisão, um jogo que não pode haver erros. Quem der bobeira, quem errar, vai acabar derrotado. Vamos procurar trabalhar durante essa semana em cima do ponto fraco deles, o que é bem difícil, para a gente estar bem concentrado para essa partida – afirmou o camisa 7.

Antes de deixar a concentração em Al Ain, jogadores que não atuaram contra o Pachuca fizeram um trabalho físico na academia. O grupo gremista também teve tempo de autografar uma camisa do Grêmio, que ficou como presente ao hotel que hospedou a delegação durante a estadia na cidade. A peça foi emoldurada na parede, ao lado de camisas de outras equipes que passaram pelo local.

O restante da quarta-feira será de folga para os jogadores. Muitos, porém, terão um compromisso em comum mais tarde. O grupo deve se reunir no hotel para observar o rival da final. Real Madrid e Al Jazira se enfrentam às 15h (de Brasília), em Abu Dhabi.



Veja também