O Grêmio se reapresentou nesta terça-feira, no CT Luiz Carvalho, e teve o papo já divulgado pelo técnico Renato Portaluppi entre o técnico eo elenco. Na atividade, Kannemann não treinou normalmente e aumenta o mistério na zaga para o jogo contra Athletico-PR, no domingo.

Kannemann já não sente mais as dores musculares na região do púbis. Mas o clube adota cautela com a sua situação e espera que ele treine com o grupo ao longo desta semana. Geromel iniciou o uso de muletas nesta terça, avançando gradualmente na sua recuperação da lesão no tornozelo para voltar na próxima temporada.

Quem também começou a utilizar muletas é Luiz Fernando, mas por outro motivo. O atacante sofreu uma entorse de grau dois no tornozelo esquerdo e fica fora por no mínimo seis semanas. Assim, desfalca o time no restante da temporada. Ele levou a pior na entrada de Reinaldo, na derrota para o São Paulo, e saiu de campo de maca.

Renato conversa com o elenco do Grêmio na reapresentação — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Renato conversa com o elenco do Grêmio na reapresentação — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

O elenco chegou ao CT às 9h para terem a conversa com o técnico Renato. Quase uma hora depois os jogadores iniciaram uma atividade física. Por fim, foi realizado um treino técnico em campo reduzido.

Cumprirão suspensão na próxima rodada Alisson, pelo terceiro cartão amarelo, e Pinares, por expulsão. Fica a dúvida na meia-direita. Por ora, Ferreira e Thaciano são os principais candidatos. Kannemann só será titular se estiver 100% fisicamente, caso contrário Paulo Miranda segue no time.

Um time provável do Grêmio tem: Vanderlei; Victor Ferraz, Rodrigues, Paulo Miranda (Kannemann) e Diogo Barbosa; Maicon e Matheus Henrique; Ferreira (Thaciano), Jean Pyerre e Pepê; Diego Souza.

Os jogadores voltam aos trabalhos às 16h de quarta-feira e treinam até sábado. No domingo o time recebe o Athletico-PR, às 18h15, na Arena, pela penúltima rodada do Brasileirão.

Com lesõa no tornozelo, Luiz Fernando tem prazo de recuperação de no mínimo seis semanas — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Com lesõa no tornozelo, Luiz Fernando tem prazo de recuperação de no mínimo seis semanas — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio



Veja também