Sob pressão e com protesto da torcida, o Grêmio treinou na tarde desta quinta-feira no CT Luiz Carvalho. Com o cargo em jogo, o técnico Tiago Nunes deve fazer mudanças na equipe para o duelo com o Atlético-GO, na Arena, às 20h30 de domingo.

A possibilidade já foi citada na entrevista do presidente Romildo Bolzan após a derrota para o Juventude e também apontada por pessoas próximas ao comandante. A partida de domingo é colocada como limite para Tiago e o time mostrarem reação no Brasileirão.

No trabalho desta tarde, quem atuou no Alfredo Jaconi ficou na academia e fez apenas recuperação. Em campo esteve quem atuou menos de 60 minutos em Caxias do Sul. Nomes que podem aparecer na escalação, como Ricardinho, Vanderson e Guilherme Guedes, por exemplo.

Já presente em treinamentos, o goleiro Brenno deve retomar a vaga no time após recuperação da Covid-19. Na última semana, ainda relatava cansaço depois de encerradas as atividades. Kannemann volta de suspensão.

Kannemann em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Kannemann em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Uma provável escalação tem Brenno; Vanderson (Rafinha), Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa (Guilherme Guedes); Bobsin, Darlan (Jean Pyerre) e Matheus Henrique; Douglas Costa, Ferreira e Diego Souza (Ricardinho).

Alisson esteve presente na atividade e pode aparecer entre os relacionados para este confronto. O elenco ainda fará treinamentos na tarde de sexta-feira e na manhã de sábado antes do duelo com os goianos.

Com apenas dois pontos em seis jogos, o Grêmio é o lanterna do Brasileirão e busca a primeira vitória. Em caso de outro resultado, o técnico Tiago Nunes deve ser demitido do comando.



Veja também