O Grêmio fez nesta sexta-feira o treino decisivo para o duelo com o Atlético-GO, no domingo, na Arena. A atividade no CT Luiz Carvalho teve ajustes técnicos e táticos para o confronto que pode definir o futuro de Tiago Nunes no clube. Mas não foi trabalho decisivo para a montagem da equipe.

Além dos retornos naturais de Brenno, recuperado da Covid-19, e Kannemann, suspenso na rodada passada, o treinador tende a realizar mexidas pontuais na equipe.

As maiores possibilidades são na lateral direita, com a entrada de Vanderson na vaga de Rafinha, e no ataque, com Ricardinho no lugar de Diego Souza. As alterações também levam em conta questões físicas.

No meio, a tendência é por continuidade da formação que começou contra o Juventude, com Victor Bobsin, Matheus Henrique e Darlan, mas Jean Pyerre pode aparecer. Conforme apurou o ge, a equipe será definida neste sábado e os atletas ainda não sabem os escolhidos.

Tiago Nunes pode dar chance a Ricardinho no Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Tiago Nunes pode dar chance a Ricardinho no Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Brenno e Matheus Henrique só irão se apresentar à seleção olímpica no dia 8 de julho, na próxima quinta, depois do duelo com o Palmeiras. Portanto, ambos ficam à disposição para esses dois jogos e depois se tornam desfalques.

A provável escalação tem: Brenno; Rafinha (Vanderson), Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Victor Bobsin, Matheus Henrique e Darlan (Jean Pyerre); Douglas Costa, Ferreira e Diego Souza (Ricardinho).

Nesta sexta-feira, o elenco fez uma atividade de finalização e criação de jogadas no CT Luiz Carvalho. O elenco ainda treina na tarde de sábado, quando os jogadores relacionados serão confirmados pelo clube.

Com dois pontos, o Grêmio é o lanterna da competição e tenta a primeira vitória no Brasileirão. A diretoria já deixou clara a possibilidade de mudar a comissão técnica em caso de resultado ruim na Arena.



Veja também