O Grêmio deverá ter Diego Churín como o centroavante titular para o jogo com o Botafogo, na próxima segunda-feira, às 20h, no Nilton Santos, pela 35ª rodada do Brasileirão. Por outro lado, desfalcam o time Diego Souza e Victor Ferraz, suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Churín deve ter condições de atuar normalmente, recuperado de um estiramento muscular. Ele treinou nesta quinta-feira, na reapresentação do elenco no CT Luiz Carvalho, mas ainda sob cuidado da preparação física.

O gringo tem feito atividades de reforço após a lesão leve e deve estar em campo na segunda. É o substituto natural de Diego Souza, artilheiro da equipe e do Brasil em 2020/21.

Atacante Diego Churín em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Atacante Diego Churín em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

A outra baixa é na lateral direita. Victor Ferraz também levou o terceiro cartão amarelo e não encara os cariocas. O jovem Vanderson deve ganhar naturalmente a vaga na defesa.

Existe também a possibilidade de novas mudanças no time. Como ocorreu contra o Coritiba, Renato retirou jogadores com desconfortos, já de olho na final da Copa do Brasil.

Hoje, essa situação se aplica principalmente a Jean Pyerre e Alisson, titulares contra o Coxa e Santos. Os substitutos mais cotados, por ora, seriam Isaque e Luiz Fernando, respectivamente.

Assim, um provável time tem: Vanderlei; Vanderson, Rodrigues, Kannemann e Diogo Barbosa; Matheus Henrique, Lucas Silva, Alisson (Luiz Fernando), Jean Pyerre (Isaque) e Pepê; Churín.

Os titulares fizeram apenas trabalho regenerativo na tarde desta quinta-feira no CT Luiz Carvalho. Os demais atletas trabalharam no campo, realizando atividades de troca rápida de passes, em um espaço pequeno e com objetivo de finalizar no gol.

O elenco treina pela manhã na sexta-feira e no sábado, quando viaja pela tarde para o Rio de Janeiro. Ainda não está confirmada, mas deve acontecer uma atividade no domingo, a confirmar o local.



Veja também