Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O posto aberto pelo suspenso Ramiro, titular incontestável em 2017, dará a chance de Renato Portaluppi fazer um teste importante para o restante da temporada. Os últimos momentos do treino de terça-feira e a entrevista coletiva deram os indícios para o primeiro teste de Gastón Fernández com os titulares do Grêmio. A entrada do meia argentino contra o Zamora, nesta quinta, em jogo decisivo pela Libertadores, dará funções mais defensivas a Luan.

A provável entrada de Gata desde o início na última partida do Grupo 8, dentro da Arena, será a primeira oportunidade do meia com o time titular gremista. Até então, o argentino só começou jogos pela equipe considerada reserva. Gastón terá a chance de dividir minutos com Luan, Barrios e companhia em campo.

A chance tem muito a ver com o que o Grêmio pretendia ao contratá-lo. Atualmente com a camisa 10, foi buscado para ser reposição imediata a Douglas, fora pelo menos até agosto após romper o ligamento do joelho esquerdo. Renato soltou-o aos poucos. Uma lesão muscular o prejudicou no processo justamente quando poderia ganhar chance na Libertadores, como no empate em 1 a 1 com o Guaraní, quando os reservas foram escolhidos por Renato para entrar em campo no Paraguai.

– Somos uma equipe importante, com um plantel importante. Alguns jogam mais, outros menos, mas todos estamos em condições de fazer da melhor maneira. Treinamos com vontade para jogar e ajudar a equipe. Seja contra o Zamora ou domingo (contra o Sport), estamos todos à disposição para, quando o Renato precisar, a gente dar o melhor – pondera Gastón.

Mudanças para Luan

Com Gastón, o camisa 7 Luan, um dos destaques do time, precisará mudar um pouco sua movimentação. Com a bola, claro, seguirá livre para circular e ajudar na armação de jogadas do Grêmio. Porém, no momento de retorno defensivo, mudará de espaço em campo. Como o argentino joga basicamente pelo centro e apenas por ali, Luan precisará recompor pelo lado direito, função que é exercida por Ramiro. Normalmente, fica mais avançado pelo centro, com Lucas Barrios, pressionando zagueiros e volantes.

Gastón Fernández ocupa lugar de Luan, que é deslocado para a direita (Foto: Reprodução)

Em todas as chances que recebeu, nos treinos e até nas conversas com Renato, Gata deixou claro ser um jogador da faixa central, seja mais recuado, seja avançado. No treino de segunda-feira, foi escalado por Renato como jogador mais avançado do losango do meio-campo. Fernandinho e Everton, no time reserva, voltavam pelas pontas para marcar os laterais.

“(Renato) Sabe que minha posição é central, no meio-campo, como meia-atacante, nesta zona. Sem cair muito pelos lados, porque se perde um pouco do meu jogo” (Gastón Fernández)

Sem Ramiro, Renato tinha algumas opções: colocar Jailson, Fernandinho ou Everton na função. Optou, porém, por dar chance a uma contratação buscada com certa pompa pelo Tricolor. Apesar de não chegar com cartaz de titular, Gastón tem rodagem internacional e é campeão da Libertadores pelo Estudiantes, em 2009, inclusive com gol na final sobre o Cruzeiro.

A atividade da tarde desta quarta-feira, na Arena, terá a primeira parte fechada para a imprensa. Renato poderá ajustar o posicionamento da equipe com o gringo. A concentração inicia ao meio-dia para o elenco. Se vencer, o Grêmio garante a primeira colocação do Grupo 8 e uma das melhores campanhas da primeira fase da Libertadores.



Veja também