O Grêmio poderia estar mais acima na tabela do Brasileirão? Sim. Porém, o departamento de futebol avalia que o desempenho no ano equilibra o início sem brilho no nacional. A chancela para a sequência de quatro empates seguidos decorre da invencibilidade que já supera meio ano e que dá estofo para crer na luta pelo título.

Após cinco rodadas, o Grêmio venceu apenas na estreia, quando ganhou do Fluminense por 1 a 0. Depois, encarreirou quatro empates, com Ceará (1 a 1), Corinthians (0 a 0), Flamengo (1 a 1) e Vasco (0 a 0). São sete pontos em 15 disputados, cinco a menos que o líder Inter, o que dá um aproveitamento de 46,66%. E uma modesta nona colocação.

Motivo para lamentação? Nem tanto. Há um entendimento que o time poderia estar em uma posição de maior prestígio, mas a produção apresentada merece elogios do vice de futebol Paulo Luz.

– Eu diria que tínhamos expectativa, pelo que jogamos, que poderíamos ter uma colocação um pouco mais acima. Mas estamos satisfeitos pelo desempenho, pelo que enfrentamos – afirma o dirigente.

Grêmio não conseguiu superar o Vasco no domingo — Foto: André Durão

Grêmio não conseguiu superar o Vasco no domingo — Foto: André Durão

Se ao olhar para o Brasileirão fica uma interpretação dúbia, quando se busca o cartel de 2020, ela se dissipa. São 15 partidas de invencibilidade, com oito vitórias e sete empates neste período.

A última derrota faz o torcedor buscar na lembrança. Ela ocorreu no longínquo 22 de fevereiro, quando perdeu para o Caxias por 1 a 0, na decisão do primeiro turno do Gauchão.

O histórico infla a confiança de Renato Portaluppi. Após o empate em 0 a 0 no último domingo com o Vasco, o ícone tricolor foi questionado sobre o momento.

Em São Januário, Vanderlei e Pedro Geromel acabaram preservados, enquanto Maicon e Diego Souza se recuperam de problemas clínicos (entorse no tornozelo direito e lesão muscular na coxa direita, respectivamente).

Invencibilidade do Grêmio

  • 15 jogos
  • 8 vitórias
  • 7 empates
  • 20 gols marcados
  • 8 gols sofridos
  • 68,8% de aproveitamento
Renato garante busca pelo título de acordo com campanhas anteriores — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Renato garante busca pelo título de acordo com campanhas anteriores — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Renato se escuda na campanha em suas escolhas, além, claro, dos debates com fisiologistas e médicos do clube. Os títulos recentes da Libertadores, Copa do Brasil, Recopa e dois Gauchões o amparam para manter a filosofia e lutar pelo Brasileirão.

– Nos anos anteriores, brigamos e chegamos em todas. Ganhamos Copa do Brasil, Libertadores e nos últimos dois anos chegamos em quarto lugar no Brasileirão rodando o grupo. Não temos só o Brasileirão. Nesta semana, temos a disputa do estadual. Preciso rodar o grupo. Hoje é o 15º jogo invicto. Está ruim? Se estiver ruim, me desculpe – enfatiza Portaluppi.

A recuperação pelo Brasileirão ainda demorará a ocorrer. A equipe volta a campo pelo torneio apenas no dia 3 de setembro, quando enfrenta o Sport pela sétima rodada. O time de Renato agora concentra forças no Gauchão.

Nesta quarta-feira, começa a final do estadual contra o Caxias, no Centenário. A decisão será na Arena, no domingo. Quem sabe não vem mais uma taça e novo ponto na rota do trabalho?



Veja também