Empate com Corinthians e boa atuação fazem Grêmio retomar confiança

Lateral Marcelo Oliveira negou que o grupo esteja abatido e disse que elenco está cada vez mais forte

16 de maio de 2016 - Às 12:12
Foto: Lucas Uebel
Foto: Lucas Uebel

O empate diante do Corinthians, atual campeão neste domingo pela estreia do Brasileirão teve sabor de vitória, já que conquistar um ponto na casa de um adversário tão complicado não é fácil. Apesar disso, o Tricolor poderia ter tido melhor sorte, mas acabou satisfeito com o resultado.

Em momento complicado na temporada e em meio a trocas na diretoria e especulação de chegada de jogadores, o Tricolor teve uma semana ‘tensa’ antes da partida e o empate acabou sendo um alívio para a equipe. A boa atuação neste domingo faz a equipe ‘sonhar grande’ na competição:

– A principal mudança foi repetir o que foi treinado. Cabia a nós deixar o ambiente tranquilo para que pudessem exercer a atividade. A atitude é importante. Contribuiu com que tivéssemos o resultado positivo. Eu cheguei em um momento em que não pude olhar para trás. É um campeonato longo, muito difícil. O grupo tem capacidade de sonhar grande. Hoje (domingo), o peso de um resultado negativo seria muito maior. Quando na realidade, perder aqui não é anormal – avalia Alberto Guerra.

O lateral Marcelo Oliveira, que após críticas teve boa atuação, comentou também que apesar das recentes eliminações, o grupo não está abatido e segue forte na temporada:

– Não só eu, mas todo mundo pensa assim. O trabalho é muito bem feito. Quando a gente não conseguiu vencer no primeiro semestre, a nossa frustração é grande. O que a gente mais quer é ser campeão. O trabalho que vem sendo feito desde o ano passado… A gente tinha muita esperança de conquistar algo. Pode ter certeza que a gente não está abatido. Estamos cada vez mais fortes e confiantes de que vamos conseguir o objetivo – avalia Marcelo Oliveira.

Agora, o Grêmio tem a semana de folga para trabalhar. O próximo compromisso será diante do Flamengo, no domingo às 16h, na Arena.



Veja também