Em partida movimentada, Grêmio perde chances e é derrotado para o São Paulo

4 de outubro de 2014 - Às 21:11
Em um grande duelo na tarde deste sábado na Arena, o Grêmio acabou derrotado pelo São Paulo no confronto direto por vaga no G4. A partida foi de muitas chances de gol, principalmente para o time da casa, mas como quem não faz leva, Rogério Ceni deu a vitória aos visitantes em cobrança de pênalti. A partida foi marcada também pela pressão sobre a arbitragem e a perda da sequência de oito jogos de Grohe sem sofrer gol e de nove do Tricolor sem perder.
Felipão foi expulso pelo árbitro no segundo tempo – Foto: Lucas Uebel
Escalação inicial: Marcelo Grohe; Pará, Rhodolfo, Geromel e Zé Roberto; Walace, Fellipe Bastos, Ramiro e Luan; Dudu e Barcos.
A partida iniciou e o Grêmio foi pra cima do São Paulo. Aos dois minutos, Luan recebeu cara a cara com Rogério Ceni e bateu mal para defesa do goleiro. Na sobra, em novo chute, o zagueiro do São Paulo salvou em cima da linha. Aos 6, Pará arriscou finalização da entrada da área e assustou o goleiro.

A torcida empurrava o time, que pressionava o adversário, encurralando o time paulista na defesa.

Foto: Lucas Uebel
O time do São Paulo chegou com perigo mesmo pela primeira vez aos 21 minutos. Alexandre Pato arriscou chute e Grohe espalmou. Na sequência, Kaká cobrou escanteio e acertou o travessão.
Aos 32 minutos, Felippe Bastos arriscou chute de fora da área e obrigou Rogério Ceni a fazer grande defesa. Dois minutos depois, Zé Roberto recebeu, chutou, a bola desviou e ia entrando, mas o zagueiro do São Paulo conseguiu tirar mais uma vez em cima da linha.
Aos poucos, porém, o time do São Paulo começou a gostar da partida e estar mais presente no campo de ataque, assustando mais a defesa do Grêmio.
Na etapa final, o Grêmio continuou melhor na partida, porém, como quem não faz leva, aos 9 minutos, o árbitro marcou pênalti em lance de Alan Kardec com Rhodolfo dentro da área. Rogério Ceni cobrou e abriu o placar, acabando com a invencibilidade de Grohe de mais de 8 jogos sem levar gol.
Vários lances de falta e duvidosos deixaram a partida e o clima com a arbitragem muito tenso, com muitas reclamações. O time do São Paulo se fechou na defesa e o Grêmio passou a ter dificuldades para entrar na área adversária e criar oportunidades.
A partida se encaminhou ao final para decepção de mais de 40 mil gremistas que compareceram à Arena.


Veja também