Em negócio que pode render até 24 milhões de euros, Grêmio encaminha a venda de Diego Rosa ao Manchester City

Tricolor ainda mantém 15% dos direitos do atleta

24 de julho de 2020 - Às 13:42

O Tricolor encaminhou a venda do atleta campeão mundial sub-17 Diego Rosa ao Grupo City, dono do Manchester e outros clubes. Inicialmente, o clube europeu pagará 5 milhões de euros pelo negócio, uma parte agora e a outra em janeiro, que será dividido 70% para o Tricolor e 30% para o Vitória por ser o clube formador. O Grêmio ainda mantém 15% dos direitos do jogador.

O contrato de transferência prevê também o pagamento de um bônus de 4 milhões de euros ao Tricolor, mas com meta não revelada. Além de outras cláusulas com pagamento por metas cumpridas, como: 12 milhões de euros caso o jogador seja inscrito na Premier League, 1ª divisão inglesa, e 3 milhões de euros se o atleta completar 10 partidas na competição.

Após receber propostas da Juventus, da Itália, o Tricolor iniciou o processo de renovação de contrato do atleta, que fez uma alta pedida salarial. Entretanto, não chegou em acordo com os pedidos altos do jogador e seu representante. Assim como Tetê, Diego Rosa sai sem jogar uma partida pelo profissional.



Veja também