Em jogo ruim, reservas do Grêmio empatam com o Figueirense

Partida de poucas oportunidades de gol e muitos passes errados; Tricolor está próximo do G6

29 de outubro de 2016 - Às 21:28

figxgre2

Priorizando a Copa do Brasil, o Grêmio entrou em campo diante do Figueirense com dez reservas – apenas Grohe como titular – e em uma partida bastante ruim tecnicamente e com poucas chances, o Tricolor empatou sem gols diante do time catarinense e segue próximo ao G6.

Escalação inicial: Marcelo Grohe; Wallace Oliveira, Wallace Reis, Thyere e Iago; Jaílson, Kaio, Negueba, Guilherme e Bolaños; Everton

PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo foi bastante fraco tecnicamente e com poucas emoções. Ambas as equipes erravam muitos passes e prejudicava na criação de jogadas. O time da casa tinha mais posse de bola, apesar disso a defesa das duas equipes é quem estava levando a melhor na etapa inicial.

A melhor chance do primeiro tempo foi aos 42 minutos, Airton cruzou e Rafael Moura cabeceou à queima-roupa, Grohe fez grande defesa. O Tricolor tentou contra-ataques mas não foi bem sucedido.

SEGUNDO TEMPO
O panorama da partida não mudou e o jogo continuou com poucas emoções e muito fraco tecnicamente, praticamente sem oportunidades de gol. O time da casa abusava das tentativas de jogo aéreo, mas o Grêmio estava levando a melhor na defesa.

A partida se encaminhou ao final, e o Grêmio teve sua melhor chance aos 45 minutos quando Batista recebeu na cara do goleiro, driblou mas bateu em cima do goleiro, perdendo uma chance incrível, permanecendo o zero no placar.



Veja também