O Grêmio visitou o CSA na noite desta segunda-feira em partida válida pelo encerramento da 12ª rodada do Brasileirão e ficou no empate de 0 a 0 em um jogo ruim, com poucas oportunidades de gol. O resultado deixa o Grêmio com 16 pontos, longe dos líderes e no meio da tabela. O Tricolor atuou com time reserva.

Escalação inicial: Julio César; Léo Moura, Geromel, Paulo Miranda e Juninho Capixaba; Rômulo, Darlan, Rafael Galhardo, Luan e Pepê; Tardelli

PRIMEIRO TEMPO
Como é de sua característica, o Grêmio iniciou a partida com mais posse de bola, entretanto, sem objetividade. O time da casa arriscava alguns chutes de fora da área mas nenhuma das equipes conseguia criar uma chance clara de gol, deixando a partida bastante morna.

Aos 34 minutos, Jonatan Gomez arriscou chute colocado de fora da área e com muito perigo a bola saiu, na melhor chance de gol da partida. Dois minutos mais tarde o Grêmio respondeu mas o goleiro defendeu. O Tricolor teve uma falta muito perigosa aos 45 mas que ficou na barreira.

O primeiro tempo foi bastante movimentado mas sem chances boas de gol.

SEGUNDO TEMPO
Para a etapa final, as equipes voltaram mais ligadas e com mais vontade de vencer o jogo, estando mais presentes no campo de ataque. Entretanto, a dificuldade em criar chances claras de gol era evidente.

A melhor chance gremista no jogo veio aos 21 minutos. Darlan deixou Pepê na cara do gol. O jovem gremista tentou uma cavadinha mas pegou errado e jogou muito longe, perdendo uma chance impressionante.

O Grêmio tinha vantagem física e o CSA já estava cansado em campo. O técnico Renato colocou Everton em campo em busca dos três pontos. Mas, uma das esperanças de gol do Tricolor, Diego Tardelli, estava muito mal em campo, errando passes e perdendo jogadas com frequência até ser substituído por Patrick.

Porém, o Tricolor não conseguiu o gol apesar de chegar com perigo. Os erros no último passe prejudicaram o Grêmio nas chegadas ofensivas.



Veja também