Foto: Reprodução

O Grêmio visitou o Paraná Clube em Curitiba na tarde deste domingo pela 6ª rodada do Brasileirão e ficou no empate de 0 a 0 em uma partida de poucas oportunidades de gol apesar do grande domínio de posse de bola do Grêmio.

Escalação inicial: Marcelo Grohe; Léo Moura, Bressan, Kannemann e Cortez; Jailson, Maicon; Ramiro, Luan e Maicosuel; André.

PRIMEIRO TEMPO
O Tricolor teve domínio da posse de bola na primeira etapa e como era de se esperar, o Paraná formou uma forte linha defensiva, dificultando as investidas do Grêmio. O Tricolor teve algumas oportunidades em faltas perigosas, mas não conseguiu aproveitar.

Apesar da superioridade na posse de bola, o Grêmio não conseguia criar jogadas de ataque e o goleiro do Paraná praticamente não foi exigido. Marcelo Grohe, por sua vez, mal apareceu na câmera da TV, apenas assistiu ao jogo.

O primeiro tempo foi de poucas emoções.

SEGUNDO TEMPO
O panorama da etapa final continuou o mesmo. O Grêmio tinha a posse de bola porém não conseguia criar oportunidades de gol, não exigindo do goleiro paranista. O técnico Renato colocou Cícero e Pepê em campo para buscar alguma coisa diferente na partida.

O jogo seguia com ataque contra defesa, mas o Grêmio não tinha criatividade para criar oportunidades. O time da casa teve chance aos 30 minutos quando Silvinho bateu com perigo de fora da área, assustando Grohe.

Aos 35 minutos, a melhor chance da partida. Ramiro cruzou e Lima cabeceou bem, mas o goleiro Thiago Rodrigues fez grande defesa, evitando o gol.

O Tricolor seguiu no ataque, com a posse e teve outra boa chance aos 41, desta vez com Cícero, mas errou a pontaria, livre na área. Aos 51, outra grande chance. Lima arriscou de fora da área e o goleiro do Paraná fez uma grande defesa, impedindo o gol da vitória gremista.



Veja também