Em jogo de viradas, Grêmio é derrotado pelo Palmeiras no Pacaembu

Tricolor chegou a estar vencendo por 2 a 1, mas acabou sofrendo a virada que o tira da liderança

2 de junho de 2016 - Às 22:59

pacaembuO Grêmio visitou o Palmeiras e acabou derrotado pelo placar de 4 a 3, após estar vencendo a partida por 2 a 1. Com o resultado, o Tricolor deixa a liderança da competição e termina a rodada na segunda posição. No domingo, o Tricolor recebe a Ponte Preta.

Escalação inicial: Bruno Grassi; Edílson, Pedro Geromel, Bressan e Marcelo Hermes; Walace, Maicon, Giuliano, Douglas e Everton; Luan.

PRIMEIRO TEMPO
A partida iniciou e… gol do Palmeiras. Após passe de Dudu, Gabriel Jesus surgiu na cara do gol e bateu forte, sem chances para Bruno Grassi. Apesar de sofrer o gol, o Tricolor não se abateu e partiu para cima, tocando a bola no campo de ataque e buscando espaços na marcação.

A primeira boa chance gremista veio aos 14 com Luan que após boa jogada bateu livre da entrada da área, muito perto. Aos 27, após troca de passes, Marcelo Hermes cruzou, Giuliano escorou para Everton que bateu por cima.

O Palmeiras chegou em finalização de fora da área aos 31, mas Bruno Grassi defendeu. O Tricolor continuou melhor e chegou ao empate aos 49. Após bola levantada na área, Geromel cabeceou e acertou a trave, a bola sobrou para Bressan que bateu, a bola desviou em Giuliano e entrou.

SEGUNDO TEMPO
A etapa final continuou com a mesma intensidade. O Tricolor aproveitou contra-ataque aos 9. Edilson chegou a linha de fundo em grande jogada e cruzou para Giuliano, livre, virar o jogo. Porém, no ataque seguinte, o Palmeiras empatou com Roger Guedes, em um lance de muita sorte dentro da área e que contou com uma ajuda do goleiro Bruno Grassi.

O Tricolor pareceu satisfeito com empate e recuou. O Palmeiras foi para o ataque. Aos 17, Dudu deu passe para Gabriel Jesus que bateu a queima-roupa e Bruno Grassi defendeu. Aos 20 e aos 21, o Palmeiras teve outras duas boas chances, mas o Tricolor se safou.

A insistência do time da casa deu resultado aos 27 minutos. Após cruzamento, Vitor Hugo subiu mais que Bressan e cabeceou para virar o jogo novamente. Aos 38, após novo cruzamento de Dudu, Thiago Santos aproveitou cochilo da defesa e de cabeça fez mais um.

O Tricolor ainda descontou aos 45 com Edílson, em belo gol devido a chute de fora da área, mas ficou nisso. 4 a 3.



Veja também