Há três semanas em Porto Alegre, o meia Jaminton Campaz ainda caminha em seu processo de adaptação ao Grêmio. Este é o entendimento interno no clube, que vê margem de evolução ao colombiano em todos os aspectos.

A avaliação é que o jogador enfrenta ainda um período de adaptação a questões simples no dia a dia, como a língua, alguns tipos de treinamentos e rotinas do vestiário. Até pelo pouco tempo entre a chegada, a regularização e a estreia, é algo considerado normal e já esperado, conforme ouviu o ge.

Quem acompanha o jovem no dia a dia viu uma melhora nos últimos treinamentos. Um Campaz mais aberto para se comunicar com os companheiros em campo e no vestiário. Mais falante e se soltando aos poucos.

Campaz ainda se adapta ao Grêmio — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Campaz ainda se adapta ao Grêmio — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Na parte técnica, houve uma melhora em treinamentos recentes, embora tenha se registrado altos e baixos. A avaliação é de um meia com inteligência acima da média e capacidade técnica para drible, passes e chutes. Fisicamente, está no nível do grupo, e a expectativa é por crescimento.

Alguns dos fatores citados para tal dificuldade são a juventude, a primeira experiência internacional e também defender pela primeira vez um clube do tamanho do Grêmio. A cobrança é outra em comparação ao Tolima, seu ex-clube na Colômbia.

Tal qual a estrutura de clube. Campaz tem vivido situações novas quanto aos treinamentos e rotinas no CT Luiz Carvalho e na Arena. É praticamente tudo novo para o garoto, além da mudança de cidade e país.

Campaz em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Campaz em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O futebol brasileiro é diferente do colombiano. Aos poucos, Campaz tem entendido o que a comissão técnica de Felipão pede para que cumpra em funções táticas e qual estilo o treinador gosta para suas equipes.

Sem contar o momento que vive o Grêmio, em crise no Brasileirão e lutando contra o rebaixamento. São fatores que dificultam a adaptação. Inclusive, Campaz só realizou dois jogos pelo clube.

Primeiro entrou no segundo tempo da derrota de 4 a 0 para o Flamengo pela Copa do Brasil, atuando 31 minutos. Jogou outros 65 minutos diante no 1 a 0 sofrido para o Corinthians, pelo Brasileirão.

O jovem de 21 anos desembarcou na capital gaúcha no dia 19 de agosto, mas só foi anunciado no dia 24. Isso sem contar que a negociação para sua transferência se arrastou por cerca de um mês. O Grêmio comprou 100% dos direitos, pagando US$ 3,5 milhões (R$ 18 milhões) ao Tolima e mais um valor ao jogador.

Agora, resta a expectativa se Campaz será titular contra o Ceará no próximo domingo, às 11h, na Arena, pela 20ª rodada do Brasileirão. A tendência é que seja o escolhido por Felipão, ainda que Jean Pyerre tenha sido testado na posição.



Veja também