Em 2014, Grêmio esteve no ‘grupo da morte’ e mostrou força

Naquela edição, também no Grupo 6, Tricolor terminou na primeira colocação com 2ª melhor campanha geral

25 de dezembro de 2015 - Às 09:47
Em 2014, Grêmio venceu Nacional de Medellín por 3 a 0 na Arena (Foto: Ducker)
Em 2014, Grêmio venceu Nacional de Medellín por 3 a 0 na Arena (Foto: Ducker)

Nesta próxima edição da Libertadores, o Tricolor jogará no Grupo da Libertadores intitulado como o ‘grupo da morte’, com San Lorenzo, LDU e Toluca. Mas, essa história não é nova para o Grêmio.

Em 2014, o Tricolor também disputou a Libertadores e ficou, naquela edição, no grupo da morte com dois campeões nacionais – Newell’s Old Boys da Argentina – Atlético Nacional da Colômbia – além do Nacional do Uruguai.

Em seis jogos, o Grêmio conquistou quatro vitórias e empatou duas vezes, garantindo classificação com uma rodada de antecedência além de ter conquistado a segunda melhor campanha da fase de grupos.  Confira abaixo como terminou a classificação, que por coincidência, também foi Grupo 6:

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Grêmio (BRA) 14 6 4 2 0 8 1 +7
Atlético Nacional (COL) 10 6 3 1 2 7 8 –1
Newell’s Old Boys (ARG) 8 6 2 2 2 10 7 +3
Nacional (URU) 1 6 0 1 5 4 13 –9

A primeira derrota veio apenas nas Oitavas de final, para o San Lorenzo – que irão reeditar o confronto na edição 2016 – por 1 a 0. Na volta, o Tricolor devolveu o placar com gol de Dudu, mas acabou caindo nos pênaltis.



Veja também