Foto: Lucas Uebel

Ao que ficou indicado no segundo turno de treinamentos do Grêmio desta terça-feira, Edílson estará em campo para a estreia do Grêmio no Brasileirão no próximo domingo, contra o Botafogo, às 19h, na Arena. Ausente na atividade física pela manhã, o lateral-direito participou normalmente do trabalho técnico-tático do período da tarde.

Recuperado de um problema muscular, Edílson deve retornar à posição de origem. Com isso, Léo Moura pode voltar ao meio de campo e, assim, Ramiro atuaria como volante novamente. Contudo, uma outra possibilidade na escalação do Grêmio ganha força. O capitão Maicon ficou mais uma vez fora do treino e dificilmente entrará em campo no domingo. Desta forma, sobraria uma vaga para Michel, Arthur ou Jailson.

No exercício da tarde desta terça, Renato Gaúcho dividiu os jogadores em três equipes e metade do gramado do CT Luiz Carvalho. Em uma espécie de revezamento, enquanto um time aguaradava, os outros dois faziam atividade de ataque contra defesa, até a finalização. O atacante Lucas Barrios também foi ausência, pois apresenta desconforto na coxa esquerda. Ele apenas praticou corrida. Já Beto da Silva fez mais uma parte do processo de transição da fisioterapia para os treinos com bola.

Com problema na coxa direita, o equatoriano Miller Bolaños segue no departamento médico. Ele é ausência certa na estreia pelo Brasileirão. O Grêmio deve entrar em campo no próximo domingo, às 19h, na Arena, contra o Botafogo, com: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Michel (Maicon, Arthur ou Jailson), Ramiro, Léo Moura, Luan e Pedro Rocha; Barrios.



Veja também